Tudo sobre Madri: o que fazer, transporte, alimentação, hospedagem e muito mais dicas

Atualizado por em 19/05/2017

Rogério Milani

Muito sol, vida pulsando 24 horas, comida boa e arte: assim é Madri, a capital da Espanha!

Madri - GRAN VIA (2)

Antes de visitar: conhecendo Madri

Por que visitar Madri? Porque é a cidade que jamais dorme, das meninas de Velásquez no Museu do Prado, dos concertos ao ar livre com vistas para o Pálacio Real e do pôr do sol do Templo de Debod. Das janelas da cidade, a vida se pinta de acácias e telhas. Madri é uma cidade apaixonante, com centenas de espetáculos teatrais, ópera, milhares de bares e uma vida noturna incrível. Em geral e em comparação com outras capitais européias, Madri é uma cidade barata (e nós iremos mostrar o por quê).

Com pouco dinheiro você pode “sair de cañas e tapas” na famosa “Marcha madrileña”, beber muito, comer muito e gastar pouco. Você pode sair para caminhar com segurança em qualquer horário da noite, sair de compras nas “Rebajas” e voltar carregada de bolsas da Zara. Ou ainda sair somente pelas áreas verdes da cidade, se perder no Parque do Retiro ou fazer piquenique em uma das maiores áreas verdes da Europa, a antiga área de caça dos reis chamada “Casa de Campo”.

Aiii Madri, quem conhece se apaixona. Veja as dicas básicas e imperdíveis que todo viajante deve saber antes de ir!

Como chegar e se locomover em Madri: dicas de transporte

Madri - METRO SOL

Madri tem uma rede de transportes bastante vasta e completa. Os vários meios de transporte e respectivas infrastruturas estão organizados de forma a reduzir substancialmente o trânsito de automóveis na capital. A seguir vamos detalhar rapidamente cada um dos meios e isso ajudará você a economizar já na sua chegada no aeroporto.

Como ir do aeroporto Barajas até seu hotel: chegando em Madri e se locomovendo pela cidade

A chegada principal se dá através do aeroporto de Barajas e o modo mais fácil e econômico de sair do aeroporto até o centro é de metrô. O metrô de Madri é um dos maiores metrôs do mundo, e conta com 316 estações dividindo em 12 linhas de diferentes cores que conectam-se umas às outras. O mapa de metrô (imagem abaixo) também é bastante simples em relação a outras capitais e basta saber entrar na plataforma para a direção correta e não tem erro, pois não existem metrôs que vão para diversas direções na mesma plataforma, como acontece em Londres.

Madri - metro_madrid

Então, vamos lá! No mapa, a linha que você terá que pegar para ir ao seu hotel ou local em que irá ficar é a de cor rosa cujo nome é Nuevos Ministerios/Aeropuerto e o número é 8. O aeroporto Barajas dispõe de 4 Terminais e a chegada e partida dependem da companhia aérea. Preste atenção que no aeroporto Barajas as linhas de metrô saem de dois pontos diferentes no mapa Aeropuerto T4 ou Aeropuerto T1-T2-T3 e diferem 15 minutos um do outro

Exemplo: Vamos supor que você fique na zona central e decide ir de metrô. Se tiver que descer em SOL, pegará a linha 8 até Nuevos Ministerios que é a parada final. Os pontos de interseccão do mapa são as linhas que se cruzam e ai é aonde você deve trocar de linha. Para SOL, o melhor e mais rápido é ir de CERCANIAS (5 minutos) sem ter que trocar até um ponto aonde tenha linhas que parem em Sol. O Trem regional Renfe (Cercanías Madri) complementa a rede de metrô dentro da cidade e cobre àreas mais isoladas da Comunidade de Madri. A Cercanias te leva a Fuenlabrada, Alcazar de Henares, entre outros. Veja as orientações nas placas dentro de Nuevos Ministerios para chegar até a plataforma do CERCANIAS, cujo simbolo é esse que você vê abaixo.

Madri - Cercanias_Logo.svg

Se tiver que ir à GRAN VIA, temos algumas opções, as melhores são: faça o mesmo caminho até SOL e pegue a linha 1 de cor azul clara Pinar de Chamartin/ Congosto direção Hospital del Norte e desça na GRAN VIA (olhe o mapa e note que a direção para a qual você irá pegar a linha é a última parada da mesma linha). Ou pegue a linha 8 até Nuevos Ministerios (parada final), pegue a linha azul marinho 10, direção Puerta del Sur desça em Alonso Martinez e troque para a linha verde claro de numero 5 que vai em direção a Casa de Campo, descendo na GRAN VIA.

Seguindo essa lógica, basta pegar um mapa do metrô de Madri nas mãos e você saberá ir a qualquer lugar, não é mesmo?!

Se preferir sair do aeroporto até o centro da cidade (parada em Praça de Cibeles ou Atocha) e se deslocar de ônibus por Madri, saia do Terminal 1 e pegue a linha Exprés que funciona 24 horas e custa 5 euros. Fácil, cômodo, seguro e barato. A EMT é o organismo responsável pelo serviço, funciona 24 horas e o melhor, em cada parada você pode encontrar cartazes com as linhas, suas rotas e horários. Andar de ônibus pela cidade é uma maravilha!

Madri - metro de madrid

Caso pretenda utilizar bastante o transporte público, você pode comprar os tickets em bloco de 10 unidades, que sairá mais barato que o avulso e dará direito a utilizar qualquer tipo de transporte, ou então invista nos passes diários, de 1 a 7 dias. Mais infos: http://www.ctm-­‐Madri.es/

Para comprar tickets de ônibus online: http://www.movelia.es/es/ e http://www.alsa.es/en/

Andar de táxi também não é muito caro e até a parada central de Nuevos Ministérios, por exemplo, custa em torno de 20 euros.

Chegando ou partindo de Madri de trem: como ir das estações Atocha ou Chamartín até seu hotel ou vice-versa

Estação Chamartín

As linhas de metrô que chegam ou saem daqui são a 1 (Azul clara) e a 10 (Azul Marinho) e desde a Chamartín podemos chegar até importantes locais centrais como Plaza de España ou Gran Via. Essa importante estação de trem madrilenha está situada ao norte da cidade, perto das famosas torres Eurostars, e de lá partem os trens interurbanos, os regionais – cidades espanholas e os trens de alta velocidade (AVE), alguns internacionais que vão para capitais como Lisboa e Paris.

Estação Atocha

A linha de metrô que chega ou sai de Atocha é a 1 (Azul clara) que pode chegar/sair em Atocha ou Atocha Renfe, de onde podemos ir até importantes locais centrais como a Gran Via. A maior estação férrea de Madri está situada perto do Parque do Retiro e da zona de Museus – Prado, Caixa Forum e Reina Sofia. Na estação Atocha chegam e partem os trens cercanias, os interurbanos, os regionais da Espanha (cidades como Sevilha, Valência, Alicante) e os trens de alta velocidade (AVE), que vão a Barcelona, por exemplo.

Para conhecer os arredores belíssimos de Madri: bate-volta para Toledo, Ávila, Segóvia e Salamanca

Existem duas maneiras econômicas e que sempre recomendamos quando nos perguntam sobre passeios aos arredores de Madri (e não são poucos). De trem ou de carro. Mas por quê?

Para viagens de trem, utiliza-se o serviço nacional Renfe. O Renfe é o organismo responsável pelo serviço ferroviário espanhol. O serviço nacional te leva a visitar cidades próximas a Madri como a encantadora Toledo de D. Quixote de La Mancha (em ± 30 min), Segóvia e sua catedral e aqueduto romano (em ± 1 hora e 40 min) ou Salamanca e sua universidade (em ± 2 horas e 45 min). A grande vantagem é o conforto. A desvantagem é depender do tempo e horários dos trens. As passagens podem ser compradas no site da Renfe ou então em português no site da Rail Europe, que vende tickets de praticamente todas companhias férreas européias e do mundo. Ou então pessoalmente, nas grandes estações (as principais são Atocha e Chamartín).

madri - toledo

Para viagens de carro, com certeza, a vantagem é poder parar em diversos locais ao mesmo tempo, sem depender de trens ou horários. Além disso, pode ser mais econômico. Recomendamos o ótimo buscador da Rental Cars para fazer cotações e reservas. Este serviço pertence ao mesmo grupo do Booking.com e está sempre com ótimas ofertas e muitas opções de locadoras, inclusive com avaliações bem bacanas de quem já utilizou os serviços.

Você também poderá programar os passeios para estas e outras cidades com excursões de um dia ou mais, uma maneira fácil e rápida, inclusive com guia local em português ou espanhol. Para isto, visite o site do nosso super parceiro Viator e confira todas opções de passeios.

Cheap_Car-Hire_pt

Onde ficar em Madri: dicas de acomodação

Madri - PUERTA DEL SOL

Madri possui uma oferta excessiva de hotéis, incomum para uma cidade de seu porte. Na verdade, o número de estabelecimentos abertos nos últimos anos é preocupante, principalmente na área central. Para os visitantes, obviamente, é um ótimo negócio: a concorrência resulta em serviços e acomodações melhores, mesmo nos locais onde se cobraria mais barato.

Estando hospedado na região mais central da cidade, em torno da Gran Via, você poderá fazer praticamente tudo a pé em Madri, utilizando o metrô ou ônibus para um ou outro lugar, comprando o bilhete avulso.

Opção econômica

Hostal Far Home Plaza Mayor
Em localização bem central, 5 minutos a pé das praças Puerta del Sol e Plaza Mayor, de onde é fácil turistar e fazer praticamente tudo a pé e ainda contar com oferta farta de transporte público, principalmente metrô. Quartos duplos a partir de 43 euros com banheiro compartilhado ou 47 com banheiro privativo.

Hostal Santo Domingo
O Hostal Santo Domingo está localizado na Calle de la Luna, proximo aos metros Callao e Santo Domingo em plena Gran Via. Ocupa um belo edifício do Século XVIII, possui bom preço e dispõe de acesso Wi-Fi. Sem grande luxo, mas elegante, moderno, luminoso e bem localizado. Os preços iniciam em €32 para quartos individuais.

Living Cat’s Hostel
Bem conceituado e conhecido entre os jovens viajantes, essa rede com diversos hostels pela Europa chama a atenção dos visitantes. O Living Cat’s Hostel localizado perto de Tirso de Molina e está quase sempre lotado. Simples mas com cara de “Espanha”. Todos os quartos sao compartilhados e os preços sao baixíssimos. As diárias começam em €18.

U Hostels
Se você procura um hostel bacana, cool e baratésimo, o U Hostel é a pedida. Vale tanto para quem procura quarto privativo, a partir de 25 euros por pessoa, ou então dormitórios, a partir de 12 euros a diária por pessoa. Café da manhã por 3 Euros! O local conta com cinema, aulas de flamenco e muitas outras atividades para inregrar a galera. E fica pertinho de tudo, tipo 20 minutos a pé e já estará nos principais pontos turísticos da cidade.

Opção tradicional/preço médio

Hotel Villa Real
O Villa Real é classificado como 5 estrelas, porém é um pouco antigo e seus preços são bem mais baixos que outros 4 e 5 estrelas da área. Localizado no centro cultural de Madri (ao lado do Museu do Prado, museu Thyssen e Caixa Fórum), proporciona uma fantástica coleção de obras de arte dentro do hotel. Durante o verão os clientes tem acesso à piscina. Os preço começam em €100/dia.

Hotel Senator Gran Via
É um hotel 4 estrelas localizado em pleno coração de Madri, na Gran Via perto da Plaza de España. Edifício histórico com um belíssimo pátio central e uma fonte, possui SPA e alguns de seus confortáveis quartos tem uma linda vista para a Gran Via. Pode-se encontrar quartos individuais no valor de €90/dia.

SYTB&B
A marca registrada do SYTB&B Luxury Bed and Breakfast são a simpatia de Samantha, a proprietária, e a sua equipe, que recepcionam muito bem os clientes. Um pouco mais afastado do centro da cidade, mas na área moderna e financeira de Madri (20 minutos a pé da Estação Ferroviária Chamartín), possui quartos limpos, bom café da manha e excelentes vistas da cidade. Por €90/dia pode-se reservar uma suite com banheira de hidromassagem para 2 pessoas.

bannereuropa300x250 A

 

Opção alto padrão

Hotel Room Mate Oscar
É um hotel localizado no bairro da Chueca em Madri (bairro freqüentados pelo público GLS e considerado um dos bairros de melhor bom gosto/bares e restaurantes e de vida noturna intensa) e foi um dos hotéis mais reservados de Madri em 2013. Seu terraço é conhecido internacionalmente para coquetéis e uma vista da cidade. Este hotel ganhou prêmios pela forma como está adequado para pessoas com mobilidade condicionada. Metrô Chueca. O preço fica entre €200 – €240 solteiro/duplo.

Hotel Silken Puerta América
Não agrada a todos os gostos, pelo menos não de quem está na cidade a trabalho, mas ele fica perto do aeroporto e é o paraíso dos fãs do design. Os 12 andares e espaços comuns foram projetados por arquitetos famosos. Metrô Cartagena. O preço fica entre €181,90 – €235,40 solteiro/duplo.

Catalonia Las Cortes
É um hotel 4 estrelas localizado perto da Plaza Sant’ Anna, no bairro das Letras, entre o Museu do Prado e Puerta del Sol, e foi um dos hotéis mais reservados de Madri em 2013. Todos os quartos possuem uma decoração clássica e TV de tela plana e a média de preço é de €160/ diária para 2 pessoas.

Onde comer em Madri: dicas de alimentação

O ponto alto da cozinha “a la madrileña” são as tapas, os famosos petiscos espanhóis, como presuntos crus, azeitonas temperadas, queijos variados, frutos do mar, carnes defumadas, entre outros. Tudo isso sempre acompanhado de um bom vinho espanhol. Prove as zonas do centro, La Latina, Chueca e Salamanca que são as melhores da cidade.

madri - sangria

Opções econômicas

Se eu fosse dar uma dica de opção econômica em Madri seria impossível. A cidade tem uma variedade imensa de boas opções para comer bem e barato. E isso vai muito além da tradição das tapas (você pede uma cerveja e te servem coisas para comer). Então, poderíamos citar alguns nomes aonde você pode comer BEM e BARATO espalhados pela cidade, quando olhar essas plaquinhas, ENTRE: La Sureña, 100 Montaditos, Museo del Jamon, Rodilla e Pans & Company.

Opções tradicionais/preço médio

La Barraca
A poucos passos do Edifício Metropolis na Gran Via, indicamos um restaurante especializado em comida valenciana. São 14 opções, mas a estrela do cardápio é a paella, a melhor da cidade.

Pizzaria Vesuvio
É o genuíno sabor italiano em Madri. Fica à saída do bairro da Chueca, perto do Hotel Senator Gran Via – Calle Hortaleza.

Opção alto padrão

Indicaria o Restaurante Botín, localizado na rua Cuchilleros, entre os bairros da La Latina e Sol (nas proximidades do Mercado San Miguel). Fundado em 1725, Botín possui o Record Guinness como restaurante mais antigo do mundo e aonde o pintor GOYA trabalhou como garçom. A comida é castellana (espanhola), tradicional e caseira. Custa mais ou menos 35 euros por pessoa (Cuchilleros, 17 – 28005).

Madri imperdível: dicas que todo viajante tem que saber

A primeira coisa que recomendamos é pedir dicas interessantes para o pessoal do hotel/hostel aonde você estará hospedado. Os locais mudam bastante e eles têm sempre uma lista atualizada para dar as melhores dicas aos seus hóspedes.

1.Evite o alto verão, em especial mês de agosto
2. Visite o Museu do Jamón
3. Coma pimientos de padron + queso tetilla no Mercado de San Miguel
4. Visite O Rastro no Domingo pela manha e a Cava Baja pela tarde no bairro La Latina
5. Reserve 2 horas para ir aos famosos banhos árabes no Hammam Al Andalus na Calle Atocha
6. Beba um espumante na terraza do Melia Hotel na Plaza San’t Anna pela noite
7. Não deixe de ver “As Meninas” de Velasquez e as pinturas de Goya no Museu do Prado
8. Visite o novo Platea Madri e a cafeteria MAMÁ FRAMBOISE
9. Veja o pôr do sol do Templo de Debod
10. Vá ao “churros com chocolate” mais conhecido da cidade, na Chocolateria San Gines, localizado no Pasadizo de San Gines

Madri - TELEFERICO

O quê fazer e onde turistar em Madri: dicas de passeios

Gran Via (A)
A Gran Vía é uma das principais ruas da cidade de Madri. Começa na Calle de Alcalá e termina na Plaza de España.

Marco central (B)
Essa zona de Madri é marcada pelo marco central (o quilômetro zero) da Espanha, de onde partem todas as estradas espanholas, chamada “Puerta del Sol”, e é o famoso local das badaladas do Ano Novo. El Oso y el Madroño (C).

Plaza Mayor (D)
A principal praça de Madri foi cenário, em tempos passados, de numerosos atos públicos tal como corridas de touros, procissões, representações teatrais, festas e julgamentos da Inquisição. Alguns dos apartamentos funcionam como salas do Governo e outros são habitados por moradores locais. A parte de baixo é coberta de bares e restaurantes, além de comércios tradicionais.

Mercado de San Miguel (E)
O Mercado de San Miguel é um mercado histórico e monumental, repleto de reminiscências literárias. Localizado no coração da parte antiga de Madri, é a área de maior personalidade da cidade e tem o objetivo de reunir os melhores comerciantes, profissionais, especialistas e entusiastas em suas respectivas especialidades. Tudo ligado a qualidade, frescura e sazonalidade dos alimentos.

Madri - MERCADO SAN MIGUEL

“Madrid de los Austrias” (F) e Ópera (G)
Por “Madrid de los Austrias”, conhecemos uma ampla zona da capital espanhola, sem entidade administrativa, mas que corresponde ao traçado medieval da cidade e a expansão urbanística iniciada pelos monarcas da Casa dos Áustrias. Para quem conhece também Viena, vai reconhecer todo estilo arquitetônico e bom gosto de um periodo de bastante riqueza e properidade na Espanha. O bairro fica entre a Calle Mayor e a Calle Arenal – direção Puerta del Sol – Palacio Real. Na zona, encontra-se a Opera de Madri, a Plaza del Oriente, a Catedral e o Palacio Real.

Madri - MADRID DE LOS AUSTRIAS

Palacio Real (H)
Antes era residência oficial da família real mas desde a abdicação do bisavô do atual rei (como moradia), esse passou a ser apenas um lugar de visitação turística ou para celebração de alguns atos oficiais. O pátio de entrada ao palácio chama-se Plaza de Armería. Aqui, todas as primeiras quartas-feiras de cada mês, às 12h, acontece a troca da guarda.

Madri - PALACIO REAL ALMUDENA

Catedral de Almudena (I)
Próxima ao Palácio Real, esta é a principal catedral da cidade. Local de casamento do atual rei Felipe e sua mulher Leticia.Possui uma mistura de estilos arquitetônicos pois sofreu várias destruições ao longo das guerras e sua reconstrução deu-se em períodos diferentes. É a igreja da padroeira da cidade, a Virgem de Almudena.

Parque do Retiro (A)
É a mais importante área verde de Madri. Os moradores da cidade vão ao parque para caminhar, praticar esportes ou simplesmente aproveitar um dia de sol num lugar tão agradável. Dentro do parque você pode conhecer o Palácio de Cristal, andar em um barco no lago ou caminhar pelas suas vias, destaque para seu lindo jardim que parece ter saído de “Alice no Pais das Maravilhas”.

Puerta del Alcalá (B) – Esse portal de 1778 dá as boas-vindas aos visitantes e é um símbolo da cidade, o portal de cinco arcos é majestoso e deixa muitos turistas extasiados com seu tamanho e era a antiga porta de entrada da cidade.

Madri - PUERTA DE ALCALA

Plaza Cibeles (C)
Situada na praça com o mesmo nome desde 1782 entre o Passeio de Recoletos e o Passeio do Prado, tem ao seu redor importantes edifícios. A fonte em mármore representa a deusa Cibele, símbolo da Terra, agricultura e fecundidade.

Madri - PLAZA CIBELES

Plaza Colón (D)
A plaza de Colón é um dos lugares de maior interesse na cidade de Madri. Recebe o nome de Cristóbal Colón (Cristóvão Colombo), descobridor da América, a quem faz honra.

Biblioteca Nacional (E)
Fundada em 1712 como Biblioteca do Palácio, por Felipe V, tem além do enorme acervo de livros, mais de 30.000 manuscritos, 130.00 mapas antigos e modernos do mundo todo, cerca de 110.000 títulos de revistas, uma coleção de 20.000 jornais e mais de 500.000 postais antigos e super interessantes.

Banco de Espanha (F)
Ao lado da Plaza Cibeles, vale a pena observá-lo. Principalmente à noite.

Museu Thyssen-Bornemisza (G)
Você pode ver obras de famosos artistas como Van Gogh, Tiziano, El Greco e Monet.
Ingressos: Ticketbar e Viator.

Museu do Prado (H)
É o mais importante dos museus da cidade e o grande orgulho de Madri. Tem mais de quinze mil objetos de arte e guarda obras de autores como Goya, Velázquez e El Greco. O Museu do Prado tem entrada gratuita das 18h-20h. Para evitar filas, recomendamos compra antecipada.
Ingressos: Ticketbar e Viator.

Madri - museu do prado

Caixa Forum (I)
A Fundação Caja Forum já é um ícone em Madri com seu prédio ultra-moderno de Herzog & de Meuron e um jardim vertical maravilhoso.

Museu Reina Sofia (J)
É o segundo museu mais visitado de Madri e tem muita significância mundial por sua coleção contemporânea. Com obras de artistas como Picasso e Dalí, o museu também oferece oficinas e possui obras interativas. A estrela do Reina Sofia é a Guernica, de Picasso. Gratuito aos domingos.
Ingressos: Ticketbar e Viator.

Estação Atocha (ao lado do Reina Sofia)
A Estação de Atocha é uma estação ferroviária e daí partem os principais trens e metrôs para todas as partes da Espanha. Foi conhecida pelos atentados terroristas de 11 de Março de 2004.

Outros lugares interessantes em Madri

1. Callao e Plaza de Espana
2. Pintor Rosales e Teleférico de Madri
3. Casa de Campo
4. Calle Serrano e Bairro Salamanca
5. A moderna Paseo de la Castellana e o estádio de futebol Santiago Bernabeu
6. Madri Rio
7. Rastro (Domingo) e bairro La Latina (Cava Baja e Cava Alta)
8. Bairro Chueca e Malasaña
9. Bairro das Letras

Para conferir outros passeios e ingressos em Madri, recomendamos os parceiros:
Ticketbar
Viator

Madri - plaza de toros

Cartões de turismo e compra de ingressos

Madrid Card
O triângulo das artes madrilenho (Museu do Prado, Reina Sofia e Thyssen-Bornemisza) é visita obrigatória, mas –sejamos sincero – sai caro e há filas. Estão incluídos o passe para vários outros museus de Madri e com ele não é necessário ficar na fila, pois há entrada preferencial. A visita ao estádio do Real Madri também está incluída no Madrid Card. Preços: 42,75 euros (24h) / 52,25 euros (48h) / 61,75 euros (72h) / 71,25 euros (120h). Em relação ao transporte, é necessário suplemento do metrô para o aeroporto, no mais é permitido o livre uso de qualquer transporte público durante a validade do passe.

O Madrid Card só vale a pena para quem quer visitar o máximo de atrações no menor tempo possível ou que tenha nos seus planos usar muito o transporte público e visitar o estádio do Real Madri. Fora isto vale investir na compra do transporte avulso ou em blocos de 10 e na compra individual dos ingressos, seja online, sem precisar de fila, ou enfrentando filas, que são bem pequenas na baixa temporada. Outra opção para comprar o Madri Card é no site da Ticketbar.

Ingressos de atrações turísticas podem ser comprados diretamente no site de cada atração ou então todos em um único lugar e uma única compra, em português:
http://viajandobemebarato1.rgi.ticketbar.eu/pt/home/ ou http://www.partner.viator.com/pt/14406/Madri/d566-ttd?activities=all

Mais de Madri: dicas de sites e blogs recomendados 

Dicas de alimentação

1. http://oviajantecomilao.blogspot.co.uk/2013/07/top-10-Madri-9-restaurantes.html
2. http://www.restalo.es/
3. http://www.vamosparaespanha.com.br/restaurantes.html

Dicas gerais

1. http://destinomadri.com/
2. http://www.goMadri.com/
3. http://guias-viajar.com/Madri/capital/visitas-guiadas-teatro-real-plaza-oriente/
4. http://www.timeout.com.br/viagem/madri
5. http://www.rumoaMadri.com.br/site/cartao-turistico-Madri-card/
6. http://guia.melhoresdestinos.com.br/pontos-turisticos-Madri-58-313-p.html
7. http://feriadopessoal.com/
8. http://www.viajenaviagem.com/destino/madri/
9. http://www.vamosparaespanha.com.br/Madri.html
10. http://turomaquia.com/category/espanha/madri/

Dicas de transporte

1. http://www.matraqueando.com.br/como-ir-do-aeroporto-de-madri-barajas-ao-centro
2. http://www.emtMadri.es/lineaAeropuerto/index.html
3
http://sundaycooks.com/category/destinos/espanha/toledo-espanha/
4. http://sundaycooks.com/category/destinos/espanha/segovia-espanha/

Madri - moderno

Madri – Números e contatos de emergência

Prefeitura de Madri: 010
Informações gerais da Comunidade de Madri: 012
Número de emergência de Bombeiros: 112 / 080 / 085
Policia Nacional: 091
Policia Municipal: 092
Informe um roubo: 91 713 14 40 / 91 713 14 43
Objetos Perdidos: 91 527 95 90
SAMUR – acidentes em lugares públicos: 092
Cruz Roja (Cruz Vermelha) – Emergências: 91 522 22 22 / Ambulâncias: 91 473 93 61
Perda ou roubo de cartões de crédito Visa: 90 110 10 11 / MasterCard (Eurocard): 91 519 21 00 / American Express: 91 572 03 03 / Diner’s Club Card: 90 240 11 12

Embaixada do Brasil em Madri
Calle Fernando El Santo, 6 – 28010 / (34) 91 700 4650
Estação de metrô Alonso Martínez – linhas 4, 5 e 10
http://madri.itamaraty.gov.br/pt-br/

Este artigo foi escrito por Roberta Weber Calabró e Rogério Milani – Parceria Steps To Fly e Viajando bem e barato pela Europa.

_______________________________________________________

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita na Europa
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

_______________________________________________________

banners05animado01

 

Tags

43 Comentários

  1. Obrigado pelas dicas, Roberta Weber Calabró e Rogério Milani.

    Ficarei 2 semanas na Europa, passando por Santiago de Compostela (após realizar o caminho), Porto e Madrid. Neste tempo, irei junto com minha mãe e a minha namorada.

    Tenho uma pergunta a vocês sobre o quanto levar para a viagem. Pensando num custo para 3 pessoas, por 14 dias, quanto deveria levar? Será que 1500 euros para nós 3 já seria o suficiente? Neste valor não contabilizo os valores de hospedagem, somente alimentação e passeios. Agradeço se puderem me ajudar.

    Abraços!

    Comente
    • Rogerio Milani

      Olá Flavio, tudo bem?!

      Para uma viagem padrão normal, 80 euros por pessoa/dia. Para mais conforto, 100 euros por pessoa/dia. Se a ideia for algo bem econômico, 50/60 euros por pessoa/dia é um bom valor.

      Abraço!

      Comente
      • Rogerio,

        Esse valor 80 euros/dia inclui também hospedagem?
        Gostaria de saber o valor destinado somente para passeios e alimentação, pois a hospedagem farei reserva com outro recurso.

      • Rogerio Milani

        Este valor é para alimentação, ingressos e transporte público, ok?!

  2. Boa noite
    Estamos indo para Europa-portugal e espanha- no dia 15 de junho. Já pagamos os hotéis e passagens aéreas. Gostaria de consultória sobre o que fazer nas seguintes cidades: porto ( 15 a 18) Madri ( 19 a 21) zaragoza (22- iremos pela manhã de trem de Madri para zaragoza e dormiremos lá) Barcelona ( 23 a 25) no dia 26, ilha da madeira. Não comprei ainda as passagens de trem e venho pesquisando mas não tenho noção de quanto tempo em cada lugar deveremos passar nem quais pontos turísticos deveremos privilegiar…
    Quanto seria a consultoria neste caso? Aguardo contato

    Comente

Trackbacks/Pingbacks

  1. Dicas de hospedagem na Espanha - […] não é, necessariamente, uma cidade cara para conhecer na Europa. Aqui, preparamos um post com Tudo sobre Madri: o que…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *