Tudo sobre Lisboa: o que fazer, transporte, alimentação, hospedagem e muito mais dicas

Publicado por em 17/12/2015

Manuela Colla

Luminosa, Vintage, Multifacetada, Autêntica: essa é Lisboa

Lisboa_Vista_de_Lisboa_Viajando bem e barato pela Europa

Antes de visitar: conhecendo Lisboa

O Brasil foi descoberto por Portugal. Por isso, as relações entre os dois países que efetivamente começaram em 1532 com o estabelecimento de São Vicente, o primeiro assentamento permanente português nas Américas, seguem até os dias de hoje. O carinho dos brasileiros por Portugal e a proximidade com esse país faz que todos os brasileiros se “sintam em casa” quando chegam em Lisboa.

Lisboa é uma das cidades mais antigas do mundo e é também a cidade mais antiga da Europa Ocidental. Uma capital diferente, de contrastes.

Porto de entrada na Europa, a arquitetura e a mistura de culturas e costumes fazem dessa cidade um destino de viagem especial, com particularidades únicas. Destruída quase na sua totalidade pelo terremoto de 1755, a cidade foi toda reconstruída sob a coordenação do Marquês de Pombal. O que resultou disso? Avenidas largas, com prédios baixos e extensos.

Sinta Lisboa e o som dos elétricos antigos e amarelos que sobem e descem as ruas. Caminhe pelas ruas e beba um vinho ao som do fado em vários locais da cidade. Admire os autênticos tesouros de edifícios históricos, os lugares altos com vista para o azul do mar, mas também sinta a cidade mais “cool” de Portugal, totalmente aberta para novas tendências.

Preparamos esse guia para ajudar você a aproveitar cada segundo de sua viagem nessa cidade encantadora e evitar as pequenas “frias” que entramos quando não temos muita ideia do que nos espera em nosso destino de viagem. Aproveite!

Lisboa_Vista_Viajando bem e barato pela Europa

Como chegar e se locomover em Lisboa: dicas de transporte

Do aeroporto ao Centro

De avião – O Aeroporto da Portela (Aeroporto de Lisboa) encontra-se no centro da cidade. As principais companhias aéreas européias e as de low cost tem voos diários para Lisboa e, juntamente com a TAP Portugal, ligam a cidade ao resto do continente. O Terminal 1 é usado tanto para voos internacionais como domésticos, enquanto o Terminal 2 é para as companhias low cost. Um ônibus liga os dois terminais. Se você sair do aeroporto e for alugar um carro para se locomover em Lisboa, pode usar a Rental Cars ou RentCars.

De metrô   O Aeroporto de Portela está no terminal da rota da Linha Vermelha de metrô e o transporte passa por estações centrais como Oriente, Santa Apolônia e São Sebastião. Se quiser ir para outros pontos da cidade, basta fazer baldeação e trocar de linha.

De ônibus (conhecido como “autocarro”) – O aerobus (nº 91) conecta o aeroporto ao centro. As saídas são a cada 20 minutos e o custo é de 3,15 euros. Existe a linha 1 (City Center) e a linha 2 (Financial Center), mas você pode consultar as paradas aqui. Os pontos de venda são: Aeroporto, Praça do Comércio, Praça da Figueira, Elevador de Santa Justa, Rede de agentes oficiais e site do serviço.

De táxi – Por estar perto do centro da cidade, uma “corrida” do aeroporto até o centro deve custar em torno de 15/20 euros.

Por Lisboa

De metrô – O metrô de Lisboa funciona das 6h30 da manhã até a 1h da madrugada – com algumas exceções. Ele possui quatro linhas: Azul (Gaivota), Amarela (Girassol), Verde (Caravela) e Vermelha (Oriente). O bilhete avulso custa 1,25 euros. Se você comprar o de 1,40 euros, ele vale por uma hora após a primeira validação.

Se você pensa em usar bastante o metrô em Lisboa, uma boa dica é entrar no site do transporte, já que algumas estações não abrem final de semana ou fecham mais cedo. Preste atenção também nas condições do cartão Viva Viagem/7 Colinas ou Lisboa Viva.

De autocarro – A Companhia de Carris de Ferro de Lisboa é a responsável por esse tipo de transporte na cidade de Lisboa. Atualmente, eles trabalham com cinco diferentes modelos: standard, articulado, médio, PMR e mini. Esta divisão representa as diferentes variações do transporte entre os bondes elétricos amarelos antigos e os ônibus modernos. Com a sua cor amarela característica, os elétricos são o transporte tradicional no centro da cidade.

De barco/navio – O Porto de Lisboa é um dos principais portos turísticos europeus, paragem de numerosos cruzeiros. Está equipado com três cais para navios-cruzeiro: Alcântara, Rocha Conde Óbidos e Santa Apolônia.

De Comboio (trem) – A CP Urbanos de Lisboa é a responsável pela rede ferroviária. Azambuja, Cascais, Sintra, Sado são as linhas operantes.

Elevadores – Também são operados pela Carris e fazem o transporte até as colinas de Lisboa. São eles: elevador da Bica, elevador da Glória, elevador do Lavra e elevador de Santa Justa.

Lisboa_Autocarro_Viajando bem e barato pela Europa

Seguro viagem obrigatório na Europa

Tem vontade de conhecer Lisboa? Se você viajar pra lá, precisa obrigatoriamente contratar o serviço de seguro viagem! Se você nunca ouviu falar sobre isso e quer saber mais, leia este post sobre o seguro viagem e todas as dicas para contratar este serviço.

Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads.

Onde ficar em Lisboa: dicas de hospedagem

Lisboa é uma das capitais mais baratas da zona do euro. Um viajante econômico consegue viver bem lá com uma média de 50 euros por dia. Turistas de luxo podem gastar 1/3 do que gastariam em Londres ou Paris, por exemplo. Aqui, sugerimos algumas opções de hospedagem acordo com o bolso do viajante e a localização em que deseja estar na cidade. Obviamente, sugerimos os bairros do Centro Histórico de Lisboa, por estarem melhor localizados no seu roteiro de passeio turístico.

Opção econômica

Hostels e Bed & Breakfasts – Os hostels são algumas opções mais baratas de hospedagem. Antes era usualmente utilizado pelos “mochileiros”, mas agora o nível de alguns hostels se elevou bastante o que fez com que fossem utilizados também por pessoas que querem ecomomizar na hospedagem e gastar seu dinheiro em outras coisas. Apesar de existirem opções de quartos privados, a desvantagem é a falta de privacidade. Os B&Bs são pequenos alojamentos que oferecem pernoite com café da manhã.

Algumas ótimas sugestões de hostels e B&B muito bem localizados e de bom valor em Lisboa:

Pensão Elegante – Excelente escolha para viajantes individuais, é um local bastante simples e com uma localização central privilegiada no centro de Lisboa, a 5 minutos a pé da Estação de Metrô dos Restauradores e a 3 minutos (de carro) do centro da cidade de Lisboa. Você pode escolher entre quartos com banheiros privativos ou compartilhados. Tem internet e seu preço é baixo, quando reservado com antecedência.

Residencial Mar dos Açores – O Residencial Mar dos Açores possui localização central em Lisboa, a 15 minutos a pé da Praça do Rossio e a 5 minutos a pé da Estação de Metrô de Picoas. Tem Wi-Fi liberado, elevador, ar condicionado e TV a cabo. Você pode escolher por ficar numa suíte ou num quarto mais simples, com banheiro compartilhado.

– Residencial Joao XXI –  Tem uma localização central, a 300 m da Estação de Metrô Picoas e a 15 minutos a pé do centro histórico de Lisboa. A propriedade oferece quartos com ar condicionado, recepção 24 horas e Wi-Fi gratuito.

Residencial Geres – Situado a 15 minutos a pé do Castelo de São Jorge e a 18 minutos de carro do Aeroporto de Lisboa, tem boa relação custo-benefício. A Estação de Metrô Rossio fica a apenas 150 m de distância. Oferece quartos com banheiro privativo e Wi-Fi liberado.

Pensão Nova Goa – Também no Centro Histórico de Lisboa, oferece ar condicionado e banheira nos banheiros privativos dos quartos, um luxo! Fica bem perto da Praça Martim Moniz e a 100m da Estação de Metrô do Rossio.

Opção tradicional/preço médio

Selecionamos algumas ótimas opções de hotéis em Lisboa bem localizados, para fácil uso do transporte público. Lembre-se de que muitos hotéis, a exemplo dos hostels e B&Bs, oferecem opções mais baratas com quartos privativos e banheiros compartilhados. Pode ser uma boa saída para economizar e para os europeus isto é muito comum. Nós também já ficamos em muitos hostels e hotéis com banheiros compartilhados e não vimos nenhum problema nisto!

– Hotel Turim – Fica no centro da cidade, na Avenida Liberdade, e é um hotel 4 estrelas, confortável e bem localizado. Um dos hotéis mais reservados de Lisboa em 2015, possui mobiliário contemporâneo e cores naturais e está a apenas dois minutos a pé do metrô Marquês do Pombal.

EXE Lisboa Parque – Fica bem no centro de Lisboa, perto do Parque Eduardo VII. Quartos com ar condicionado e camas grandes, e o hotel oferece até mesas de trabalho para quem quiser ou precisar delas. As acomodações são modernas e também tem Wi-Fi liberado em toda sua área.

Hotel Convento do Salvador – Não se assuste com o nome, este hotel é extremamente moderno, apesar de situado em um antigo convento. Localizado no bairro histórico de Alfama, o Hotel Convento do Salvador fica a apenas 6 minutos a pé do pitoresco Castelo de São Jorge, da Catedral da Sé e do Panteão Nacional.

SANA Lisboa Hotel – Com uma localização central, a 350m da Praça Marquês de Pombal, os quartos do Lisboa Hotel possuem uma decoração contemporânea e oferecem vista para a parte antiga da cidade, o Rio Tejo ou o Parque Eduardo VII.  O hotel também possui um restaurante tradicional português, o Contemporâneo, que está aberto para o almoço e o jantar.

Lisboa Carmo Hotel – Decoração clássica, oferece bom serviço e é bem localizado no centro de Lisboa – os andares superiores do hotel oferecem vista para o Rio Tejo e para o centro histórico. O famoso Bairro Alto localiza-se a 3 minutos a pé do local.

Opção alto padrão

Existem bastante opções de alto padrão em Lisboa, não será difícil encontrá-los. Aqui sugerimos estes:

– EPIC SANA – Situado na sofisticada área das Amoreiras, foi construído recentemente e seus hóspedes podem desfrutar de uma piscina de beiral infinito no terraço do último piso. Seus quartos tem uma decoração de estilo contemporâneo e alguns quartos possuem vistas lindas de Lisboa. Fica a apenas 700 metros da Estação de Metro Marquês do Pombal.

Lisbon Marriot Hotel – Para quem busca, antes de tudo, conforto. Hotel 5 estrelas um tanto afastado do centro e dos pontos turísticos. As instalações são extremamente luxuosas e confortáveis – mas, como o hotel é muito luxuoso, tudo lá precisa ser pago (internet, acesso às piscinas, etc).

Sofitel Lisbon Liberdade – Localizado na avenida principal de Lisboa, a Avenida da Liberdade, este luxuoso hotel é equipado com academia e biblioteca, e alguns de seus quartos tem varanda com uma bela vista da avenida.

TRYP Lisboa Oriente Hotel – Fica no Centro, perto do Parque das Nações e é rodeado por muitos restaurantes elegantes de gastronomia contemporânea. O Oceanário e o Cassino de Lisboa ficam nas proximidades.

MYRIAD by SANA Hotels – Um hotel com arquitetura moderna, localizado nas margens do Rio Tejo e oferece vista panorâmica e acomodações contemporâneas de luxo. O hotel ainda possui um bar e restaurante elegantes, além de uma piscina coberta com spa e academia.

Lisboa_Rua da Lapa_Viajando bem e barato pela Europa

Onde comer em Lisboa: dicas de alimentação

Provar as delícias de Portugal com os melhores vinhos: essa é a melhor pedida para quem curte mergulhar na gastronomia local dos países que visita. Cozido à Portuguesa, Caldo Verde (sopa típica feita de couve) e Bacalhau são os mais conhecidos pratos portugueses. Na sobremesa, não podemos esquecer dos doces de amêndoas, os pastéis de Santa Clara (feitos de ovos) e os pastéis de nata (o mais tradicional, localizado em Belém, perto da Torre de Belém com pastéis feitos na hora e quentinhos).

Você vai ver em Lisboa muitos letreiros (principalmente na Baixa Lisboeta) que anunciam comida típica para “chamar” turistas. Porém, precisamos tomar cuidado, já que essa comida pode não ser de qualidade e custar muito mais do que o preço anunciado.

Lisboa_Pasteis_de_Belem_Viajando

Opção econômica

O restaurante da Prata 52 está localizado perto da Praça do Comércio, serve pratos e petiscos típicos de Portugal e possui um ótimo atendimento, além de agradar aos viajantes por possuir Wi-Fi liberado para clientes. A comida é muito saborosa e barata –  o único porém é a quantidade de comida das porções, que são reduzidas. Ou seja: não vá com muita fome, mas vá ter uma experiência gastronômica e beber um bom vinho. Muito bem avaliado no Trip Advisor, é uma ótima opção para uma parada no centro da cidade.

Lisboa_da prata52_Viajando bem e barato pela Europa

Opção tradicional/preço médio

O Chapitô e cervejaria Trindade são boas opções de comer bem e barato em Lisboa.

O Chapitô fica pertinho do Castelo São Jorge e faz parte de uma companhia de teatro, então o restaurante fica no meio de salas de ensaio, da lan house e do centro cultural, e é incrível. Com uma vista super bonita do Tejo, a comida é caseira, farta e barata. A dourada inteira grelhada (peixe) com batatas e o tomate grelhado com molho de coentro podem ser uma boa opção de refeição.

Já a cervejaria Trindade está localizada no belíssimo bairro do Chiado. Um pouco mais caro, mas não tanto, a cervejaria Trindade funciona nas instalações do antigo Convento dos Frades Trinos da Redenção dos Cativos, construído em 1204. Entrada, prato principal, sobremesa e bebidas saem em torno de 25 euros.

Opção alto padrão

Com 35 anos de existência, a nossa sugestão é a Casa da Comida, um dos restaurantes mais “prestigiados” de Portugal, ganhador de diversos prêmios na área da gastronomia (Estrela Michelin). Com comida típica e muito bom gosto, você pode conferir no Menu Digital localizado no site do restaurante. O melhor é reservar antes pelo e-mail reservas@casadacomida.pt.

Lisboa_Casa da Comida_Viajando bem e barato pela Europa

Lisboa imperdível: dicas que todo viajante tem que saber

1. Visite a mistura entre o “novo” e o “antigo” do Chiado.
2. Assista a um melancólico show de fado português bebendo um bom vinho.
3. Suba aos bondes elétricos amarelos até o Bairro Alto.
4. Leia um pouco de Fernando Pessoa para entender mais a cidade.
5. Um passeio pelo distrito de Belém (Época do Descobrimento, Torre de Belém e Mosteiro dos Jerónimos, além de visitar o túmulo de Vasco da Gama e de Fernando Pessoa).
6. Vá ate a Casa Pastéis de Belém, a confeitaria onde eles foram inventados, para ver a preparação dos mesmos e prová-los.
7. Suba aos elevadores para ver a cidade de cima.
8. Durante a noite, o Bairro Alto – e o Chiado – oferecem uma intensa vida noturna.
9. Viva descobertas “douradas” com o outro lado do Brasil como Igreja São Roque e Santa Catarina.

Lisboa_Torre_Belem_Viajando bem e barato pela Europa

Para conhecer os arredores de Lisboa: bate-volta para Sintra, Fátima, Óbidos, Cascais e Estoril

Uma das coisas mais incríveis que se pode fazer quando se viaja para a Europa é poder pegar um transporte de qualidade e conhecer as cidades vizinhas. Com Lisboa, não seria diferente. Só não indicamos Porto para um bate-volta, o ideal é ficar lá pelo menos duas noites – o ideal seria três ou quatro! A cidade é lindíssima!

Para os bate-e-voltas, uma dica bem interessante é olhar em sites de excursões como Ticketbar e Viator pois normalmente um pacote que inclui três cidades, por exemplo, sai barato e para quem tem pouco tempo e pode ser o suficiente para ter uma visão geral da cidade.

Alugar carro pode ser recomendado para você em Lisboa se quiser conhecer as cidades abaixo e outras pequenas cidades do interior de Portugal. Consulte a Rental Cars e a RentCars para ter acesso às melhores opções de veículos e valores, já que elas buscam ofertas em diversas locadoras. E aqui neste link mais informações e super dicas para você se dar muito bem sempre que for alugar um carro!

Sintra

Sintra fica a 30 km de Lisboa e é uma cidade tão bacana que costumamos indicar um dia inteiro só pra curtir ela. Rica em história e beleza, aproveite para desnvendá-la caminhando bastante pelas ruas – você estará ao redor da natureza, também, e as ruas são muito agradáveis. O Palácio Nacional da Pena é deslumbrante. Para quem curte compras, existem muitas lojas de artesanato.

É um passeio bem bacana para casais, já que Sintra é considerada a cidade mais romântica de Portugal. Dois passeios imperdíveis são o Castelo dos Mouros e o Palácio da Pena. E aproveite para experimentar a famosa queijadinha! 🙂

Como chegar: Trem urbano a partir da estação do Rossio (Linha de Sintra)
Quanto tempo: cerca de 40 minutos
Mais informações: visite o site da cidade

Lisboa_Sintra_Viajando bem e barato pela Europa

Cascais e Estoril

Cascais fica a 33km de Lisboa e o centro da cidade, com seus becos e ruelas únicos, já valem uma bela caminhada. É um bom passeio visitar a lindíssima Praia do Guincho e, dentro da cidade, curtir a Casa da Guia, um casarão cheio de restaurantes e lojinhas super bacanas. Cascais é o destino de veraneio dos chiques e famosos, por isso espere praias lindas e com uma boa infra para receber turistas – Cascais possui 17 praias e várias opções para quem curte ecoturismo.

A 3 quilômetros de Cascais (no sentido Lisboa, a primeira parada do trem) fica Estoril, onde um enorme cassino faz concorrência à faixa de areia paralela à ferrovia. Saindo da estação de trem, você já estará de cara com o Largo de Camões, onde há várias opções de restaurantes e lojinhas para começar o passeio.

Como chegar: Pelo trem que sai do Cais do Sodré e tem Cascais como última estação. O primeiro trem parte do Cais do Sodré às 5h30, mas a oferta de trens é grande, com saídas a cada 15 minutos aproximadamente.
Quanto tempo: Cerca de 35 minutos
Mais informações: visite o site da cidadeLisboa_Cascais_Farol_Casa_Santa_Maria_Viajando bem e barato pela Europa

Óbidos

É uma cidade histórica, linda e super conservada que fica a 88km de Lisboa. Esta Vila Medieval é o segundo destino mais visitado de Portugal e é famosa por sua “ginjinha” (bebida de licor feita à base de ginja, uma fruta parecida com a cereja). Os locais históricos são a grande atração, mas muitos turistas aparecem por lá pelas belas praias e para jogar golfe.

Caso você prefira, ao invés de fazer o bate-e-volta, hospedar-se na encantadora Óbidos, tenho uma boa dica de hospedagem – ficar lá pode ser uma boa opção para quem deseja ter Óbidos como base para conhecer as outras cidades do oeste de Portugal, como Alcobaça, Batalha, Mafra e o santuário de Fátima.

Como chegar: De ônibus a partir do terminal rodoviário Campo Grande (Linha Rápida Verde)
Quanto tempo: Uma hora
Mais informações: visite o site da cidade

Lisboa_Obidos_Viajando bem e barato pela Europa

Fátima

Fica a 128km de Lisboa e é um destino religioso muito famoso em todo o mundo. Para quem tem fé, é uma boa pedida, o Santuário de Fátima é muito bonito e tem missas (os horários estão no site do Santuário, logo abaixo).  Mas fique atento se você não gosta de multidões: no dia 13 de maio é comemorado o dia de Nossa Senhora de Fátima, e o santuário fica lotadíssimo!

Como chegar: De ônibus – trem não vale a pena, a estação é muito afastada do Santuário. Indo de ônibus, você vai usar a Rede Expressos, que liga Fátima às principais cidades portuguesas. De Lisboa os ônibus saem a partir da rodoviária Sete Rios, que está interligada com a estação Jardim Zoológico, da linha azul do metrô, a direção é Amadora Este. Chegando de metrô, saia da estação e dê a volta no quarteirão. A rodoviária Sete Rios é ali mesmo.

Quando tempo: De Lisboa, leva 1h30. O primeiro ônibus sai às 7h e o último às 19h30.
Mais informações: visite o site da cidade

Lisboa_Santuário_de_Fátima_Viajando bem e barato pela Europa

Coimbra

Um destino super bacana para quem adora cultura, já que Coimbra abriga a universidade mais antiga do mundo, criada em 1290. Dentro dela, há a Biblioteca Joanina, com mais de 200 mil livros.
Entre os passeios que valem na cidade, é interessante conhecer a Sé Velha, uma das mais antigas catedrais do país. Aqui, admire – sem pressa – o claustro gótico, o mais antigo de Portugal.

Como chegar: De trem
Quando tempo: De Lisboa, leva 1h30.
Mais informações: visite o site da cidade

Lisboa_Coimbra_University_Viajando bem e barato pela Europa

O que fazer e onde turistar em Lisboa: dicas de passeios diferentes

Dividimos os passeios por Lisboa em três sessões diferentes. O mapa número 1 mostra os pontos turísticos que são localizados em Belém, um distrito de Lisboa. O mapa de número 2 apresenta a região central e seus locais de visita. Já o mapa número 3 mostra pontos turísticos que ficam mais afastados – mas igualmente imperdíveis.

Para passeios em atrações turísticas, evite filas comprando ingressos antecipados.

MAPA 1

  1. Mosteiro dos Jerónimos – Considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO, esse Mosteiro é uma verdadeira obra de arte. Um dos maiores exemplos de arquitetura religiosa do mundo, seus claustros representam os gloriosos tempos em que Ocidente e Oriente se encontraram. O interior abriga os túmulos de algumas das figuras mais marcantes da História Portuguesa, como D. Manuel I, Vasco da Gama, Luís de Camões e Fernando Pessoa.
  2. Centro Cultural de Belém – Inicialmente construído para acomodar a Presidência Européia, foi adaptado para receber conferências, exposições e espetáculos como ópera, bailado e concertos sinfônicos, para além de congressos políticos. O Centro Cultural de Belém (CCB) é o maior edifício com instalações culturais de Portugal.
  3. Padrão dos Descobrimentos – Inaugurado em 1960 em virtude das celebrações dos 500 anos da morte do navegador D. Henrique, traz a imagem da expansão marítima portuguesa no formato de uma caravela. O monumento tem uma altura de 50 metros, medindo 20 metros de largura e quase 46 metros de comprimento. É composto por esculturas de 33 das principais figuras dos descobrimentos portugueses (Vasco da Gama, Pedro Alvares Cabral, Fernão Magalhaes, o escritor Camões e outros). Este monumento situa-se em Belém, nas cercanias da margem do rio Tejo, numa área única e é particularmente impressionante à luz do pôr-do-sol.
  4. Torre de Belém – Classificada também como Patrimônio Mundial, a Torre de Belém foi construída na era das Descobertas (quando a defesa da cidade era de extrema importância) em homenagem ao santo padroeiro de Lisboa, São Vicente. Erguida nas águas do Tejo, esta torre magnífica foi edificada para defender o porto de Lisboa e também servir como uma majestosa porta de entrada da cidade. Este monumento está repleto de decoração Manuelina que simboliza o poder do rei e já desempenhou funções de controle aduaneiro, de telégrafo, de prisão política e até de farol.

MAPA 2

5. Praça dos Restauradores – A Praça dos Restauradores situa-se no extremo sul da Avenida da Liberdade e é uma das áreas mais movimentadas de Lisboa. Destaque para o obelisco e para a escultura que comemora a restauração de 1640 da Independência de Portugal de Espanha. Observe a arquitetura ao redor representada pelo Palácio Foz, o Orion Eden Hotel, o pequeno coreto e o Avenida Palace Hotel, entre outros. Da Praça dos Restauradores parte o Elevador da Glória que leva ao Bairro Alto.

6. Estação do Rossio – Construída em 1886/87, esta estação foi recentemente renovada e é um incrível monumento que se situa entre a Praça do Rossio e os Restauradores. Visita indispensável. As oito portas da construção combinam com as nove janelas e com o relógio incrivelmente decorado situado na fachada.

7. Aí perto está a Praça D. Pedro IV ou “do Rossio” como chamam os locais, uma das mais bonitas de Lisboa. Atenção para o Teatro Nacional D. Maria II e para os cafés frequentados por personalidades portuguesas. No meio da praça está a estátua de D. Pedro IV e, a seus pés, quatro figuras femininas representam a Justiça, a Sabedoria, a Força e a Temperança, qualidades atribuídas a D. Pedro.

8. Elevador de Santa Justa – Também chamado de elevador do Carmo, é um elevador na freguesia de Santa Justa, situado na extremidade da Rua de Santa Justa. Liga a Baixa ao Bairro Alto. Abriu em 1902 e, em 1907, começou a trabalhar a energia elétrica, sendo o único elevador vertical em Lisboa. Não deixe de visitar e apreciar a linda vista de Lisboa conectada ao Rio Tejo.

9. Bairro Alto & Chiado – O Bairro Alto é um bairro pitoresco que, à noite, se transforma no centro da vida noturna da cidade. Por trás de fachadas coloridas e repletas de grafite, você encontra uma variedade de restaurantes internacionais e tradicionais, as casas de fado e muitos bares e lojas alternativas. O Chiado, vizinho do Bairro Alto, é um elegante e sofisticado bairro de teatros, livrarias, cafés de estilo antigo e lojas de jóias. Não deixe de visitar o mais famoso café do Chiado, chamado “A Brasileira”, famoso por ter tido o poeta Fernando Pessoa entre os seus clientes.

10. Praça do Comércio e Terreiro do Paço – Esta praça maravilhosamente bela foi a principal entrada marítima da cidade. É uma das praças mais majestosas de Lisboa e ainda hoje podemos ver a escadaria em mármore que sai do Rio Tejo em direção à Praça do Comércio. O nome Terreiro do Paço é uma referência ao Palácio que ali esteve durante 400 anos – até o terremoto de 1755 que destruiu quase 100% da construção.

11. Castelo de São Jorge – Símbolo do período medieval da história, o Castelo de São Jorge ocupa o topo de uma colina com vista para o centro histórico de Lisboa e o rio Tejo. Como é protegido por enormes fortificações, pode ser visto de quase todos os lugares da cidade. Serviu como residência real dos mouros até que o primeiro rei de Portugal, Afonso Henriques, tivesse sido capturado em 1147. Não deixe de subir nas torres e caminhar ao longo das muralhas para admirar as vistas panorâmicas mais deslumbrantes da cidade, fazer boas fotos ou relaxar nos jardins.

MAPA 3

12. Oceanário (reserve pelo menos duas horas) – O maior Oceanário da Europa é um sem fim de emoções e sensações. Habitado por mais de 16.000 animais e plantas que representam mais de 450 espécies diferentes, visitar esse local é uma experiência única, fantástica e encantadora. Só existe um aquário no mundo maior do que o do Oceanário – o Aquário Osaka no Japão.

13. Região Expo98 (Parque das Nações) – A moderna área do Parque das Nações também é evocativa do legado marítimo de Lisboa. Esta zona “do futuro” acolhe muitos eventos internacionais e nacionais e possui um enorme complexo comercial, com restaurantes, esplanadas, bares, um casino e o Oceanário – um dos mais avançados da Europa. Esta é a mais recente zona nobre de Lisboa. Esse parque reúne inúmeras atrações: passeios junto ao rio, apreciar a (14) Ponte Vasco da Gama, visitar o Oceanário, o Pavilhão da Realidade Virtual ou o (15) Pavihão do Conhecimento. Ver concertos ao vivo no Pavilhão Atlântico ou andar de (16) telecabine (ou teleférico).

Cartões de turismo e compra de ingressos

O Lisboa Card (o passe turístico) é o melhor investimento durante uma visita a Lisboa. Com ele, a entrada na maioria das grandes atrações e os transportes públicos da cidade são gratuitos, sendo possível usá-lo em estadias de 24, 48 ou 72 horas. As poucas atrações que não são grátis com o cartão, porem tem desconto. Inclui um guia com informações sobre as principais atrações.

Onde comprar: Nos postos de informação turística. Existe um já no aeroporto. Ver outros endereços aqui.

Quanto custa: €39 o passe de 72 horas (recomendado). A validade começa a contar a partir do primeiro uso, em um transporte ou atração.

Dá direito a visitar gratuitamente um bom número de atrações de Lisboa e arredores, como a Torre de Belém, Mosteiro dos Jerónimos e o Palácio da Vila, e oferece descontos para outras, como o Castelo de São Jorge, Oceanário eMuseu do Oriente.

– O Lisboa Card e ingressos de atrações turísticas podem ser comprados diretamente no site de cada atração ou então todos em um único lugar e uma única compra.

Para conferir outros passeios e ingressos em Lisboa, recomendamos os parceiros TicketbarViator.

Lisboa_noite_Viajando bem e barato pela Europa

Lisboa: contatos e números de emergência

Número Nacional de Emergência: 112
(liga-o aos bombeiros, à polícia e aos serviços de ambulâncias).

Polícia: 21 358 83 00
Aeroporto: 21 841 35 00

Hospitais:
Hospital Dona Estefânia: 21 312 66 00
Hospital Egas Moniz: 21 365 00 00
Hospital Santa Maria: 21 793 27 62
Hospital São Francisco Xavier: 21 301 73 51
Hospital São José: 21 884 15 40
Hospital São Luís: 21 321 65 00

Ambulâncias: 808 2010 68
Farmácias: 800 20 21 34 / 800 20 21 35 / 800 20 21 36 / 800 20 46 13
Bombeiros: 21 342 22 22/21 392 47 00
Cruz Vermelha Portuguesa: 21 303 03 60/3
Achados e Perdidos: 213 427 707

Consulado-geral do Brasil em Lisboa: Praca Luis de Camões, 22 – 1 andar / 1249-190 – Lisboa
cg.lisboa@itamaraty.gov.br / Plantão para casos de urgência: 96252 0581

Mais sobre Lisboa

Acesse no link abaixo mais infos de Lisboa já publicados no blog:
http://viajandobemebarato.com.br/?s=lisboa

Este artigo foi escrito por Roberta Weber Calabró e Rogério Milani – Parceria Steps To Fly Viajando bem e barato.

___

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita na Europa

Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

banners05animado01

Tags

4 Comentários

  1. Que post incrível! Super completo, ótimas dicas. Lisboa é encantadora 🙂 pra mim a vista do Miradouro das Portas do Sol é imbatível! Fica perto da estação Martim Moniz, já quase na Avenida Infante. Com certeza vale a pena passar por lá pra tomar ou café ou só curtir a paisagem.

    Comente
    • Rogério Milani

      Obrigada pela super dica de passeio, Lígia! Vamos divulgar em nosso Instagram para inspirar outros viajantes, ok? Um abraço!

      Comente
  2. Sensacional essa matéria! Super completa a ótimas dicas para viajantes tanto de alta como de baixa renda.
    Muito interessante esse Lisboa Card! Quando eu for visitar minha terra natal com certeza vou comprá-lo já no aeroporto pra desfrutar.

    Comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *