Osteria Della Colombina: um pedaço da Itália na Serra Gaúcha

Publicado por em 03/03/2016

Manuela Colla

Já imaginou ter a experiência verdadeira de saber como é a vida de uma família de agricultores na Serra Gaúcha? A Osteria Della Colombina proporciona o melhor da gastronomia típica dos imigrantes italianos para os turistas com uma simpatia única. Vem saber mais sobre este verdadeiro piccolo paradiso!

Osteria Della Colombina_Odete_Viajando bem e barato

A Osteria Della Colombina foi criada em 2001 quando, num movimento pioneiro para a época, Odete Bettú Lazzari (essa simpatia de senhorinha aí em cima) decidiu iniciar seu empreendimento na zona rural – iniciando, assim, a chamada Estrada do Sabor, que reúne famílias de agricultores que, hoje, vivem do turismo e de receber bem.

As Osterias são hospedarias de beira de estrada dirigidas por uma família e onde são servidas refeições caseiras. O “Della Colombina” é porque Odete faz um mimo para todos os turistas – uma pombinha (colombina, em italiano) de pão deliciosa – a minha avó fazia isso pra mim quando eu era pequena, era um agrado bem típico das nonnas! 🙂

Osteria Della Colombina_pombinhas_Viajando bem e barato

Odete reuniu, então, as receitas da sua nonna, da bisa, da tataravó italiana e, contando com a ajuda das quatro filhas Rosângela, Raquel, Roselaine e Raísa, decidiu estudar e se especializar em gastronomia e em turismo. Mas o principal ingrediente ela já podia oferecer a eles sem qualquer tipo de especialização: muito amor pela gastronomia e uma simpatia inigualável para receber as pessoas. Não é exagero dizer que Odete é a alma e a essência daquele lugar.

A família serve as refeições no porão de sua casa, que fica na Linha São Jorge (mais informações no final do post). O porão ainda é de chão batido – exatamente como eram os porões dos primeiros imigrantes italianos chegados na Serra Gaúcha, quando precisavam de um ambiente fresco e mais escuro para a maturação do salame e do queijo que eles produziam. A Osteria também oferece visitação à propriedade familiar com trilhas em meio aos pomares e parreirais.

Osteria Della Colombina_Casa_Viajando bem e barato

Fomos recebidos por Raísa, uma das filhas de Odete, que conta que o trabalho na propriedade é árduo – são elas que fazem tudo: plantam, colhem, organizam, recepcionam, cozinham – mas sempre com um sorriso no rosto e a certeza de se fazer o que ama.

Além de servir almoços e jantares de gastronomia típica, a família elabora produtos como doces de frutas em pasta, geleias, compotas e conservas – todos feitos com matéria prima orgânica extraída na propriedade. Raísa contou pra gente que, antes de ter a Osteria, a família vivia da agricultura – mais especificamente, do cultivo da uva e da venda do leite.

Osteria Della Colombina_porão_Viajando bem e barato

Numa rápida olhada pelo porão onde funciona a Osteria, pode-se ver objetos decorativos típicos da “colônia”, fotografias de família (os retratos das formaturas das bravas mulheres desta família também estão todos lá), imagens antigas de santos católicos e alguns utensílios domésticos e agrícolas. Mas a grande estrela da Osteria é… a comida. E que comida!

Osteria Della Colombina_Fettucine_Viajando bem e barato

Depois de pedir um espumante local (claro!), a primeira coisa que comemos foi uma polenta brustolada (feita na chapa) com queijo e salame caseiros, perfeita pra ir abrindo o apetite. Depois disso, chega a tradicionalíssima sopa de capeletti, a entrada mais típica da Serra e, mesmo com o calor, juro que quis repetir o prato. Maravilhosa!

Pra começar de leve, veio uma salada de folhas com tomate, pepino e a presença deliciosa do figo. Em seguida, Raísa trouxe pra gente a carne lessa, que é uma carne cozida dentro do caldo da sopa, também deliciosa e super bem temperadinha. A diferença, aqui, foi a apresentação: a carne veio cuidadosamente fatiada e com um pequeno filete de gordura, para dar mais sabor. Explico: nas casas de italianos, geralmente o pedaço de carne lessa vem inteiro no prato. Isso mostra o capricho e a preocupação em agradar os turistas dessa família.

Depois disso, veio a galinha ao molho vermelho (tão saborosa como a da minha avó!) e o nhoque a três queijos com molho de linguiça fresquinha, também preparada ali.

Osteria Della Colombina_galinha_Viajando bem e barato

As porções são do tamanho ideal e, ao contrário do que se possa pensar, você não fica se sentindo “pesado” – o conceito por trás da Osteria Della Colombina é o slow food, para você degustar com calma e, junto da harmonização com um delicioso espumante e vinho locais, ter uma verdadeira experiência gastronômica. 🙂

Em seguida, mais uma receita incrível: a carne de panela à moda antiga, com pedaços de batata, cenoura e bacon – a cenoura já vou dizer que tinha o melhor sabor que senti na vida! O prato todo tinha o tempero de sálvia e cebola, algo bem típico da culinária que os imigrantes italianos trouxeram ao Brasil e um sabor de comfort food. 😉

Osteria Della Colombina_carne de panela_Viajando bem e barato

Pra complementar o banquete, chega uma fortaia – uma espécie de omelete, também bem típico italiano. A diferença em relação ao omelete é o tempero mais acentuado e também o ponto do ovo, mais cozido. É um prato delicioso para acompanhar carnes.

Osteria Della Colombina_fortaia_Viajando bem e barato

Depois deste verdadeiro banquete, ainda nos arriscamos nas sobremesas: pudim e sorvete caseiro. Mas o melhor viria depois: Odete passa nas mesas com seu sorrisão característico e uma bandeja de pombinhas de pão, chamadas de colombinas, como um presente para os clientes da osteria. Repara nas carinhas de tristeza:

Osteria Della Colombina_turma_Viajando bem e barato

Em seguida, vamos fazer posts sobre outros lugares incríveis de Garibaldi e Bento Gonçalves: vinícolas, restaurantes, dicas de passeios… Pra quem quiser visitar a Osteria, fica a dica:

Serviço

Osteria Della Colombina
Estrada do Sabor – Comunidade Linha São Jorge
Garibaldi
Fones: (54) 3464 7755 e (54) 9121 1040
E-mail: colombina@estradadosabor.com.br
Site: Estrada do Sabor
Facebook: Osteria Della Colombina

___

Política de indicação de passeios e locais do Viajando bem e barato

Este passeio foi feito por Rogério Milani  e Manuela Colla, blogueiros do Viajando bem e barato. Todos os gastos neste local foram pagos por nós e resolvemos divulgá-los porque nossa experiência foi positiva e mereceu um post no blog.
Qualquer post patrocinado será mencionado, quando for o caso: usaremos a hashtag #ap para apoio, patrocínio ou parceria (quando tem algum aporte financeiro ou alguma troca) e #ad para post patrocinado.

_____

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

_____

banners05animado01

Tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *