Uma viagem para conhecer a Itália com Daniela e Rui

Atualizado por em 18/03/2016

Rogério Milani

Cinque Terre, Florença, Veneza e Roma: o casal Daniela e Rui fizeram a viagem dos sonhos de muita gente, para que tudo fosse perfeito, contrataram nossos roteiros personalizados! Se você está pensando em fazer uma viagem para conhecer a Itália, esse post está repleto de boas dicas!

viagem para conhecer a Itália_Coliseu_Viajando bem e barato

Nossa segunda viagem com os roteiros do Rogério foi nota 10! Superou a nossa expectativa! Já havíamos contratado os serviços do blogueiro na nossa primeira viagem à Europa em 2014 e, como eu já conhecia o serviço, não tive dúvidas em contratá-lo uma segunda vez. O Rogério nos orientou na compra nos bilhetes de trem e na hospedagem. Ele também sugeriu a troca de um hotel que já havíamos reservado e o novo foi muito bom!

Viagem para conhecer a Itália – o roteiro

Tudo funcionou perfeitamente – confesso que só gostaria de ter ficado mais tempo em Florença. Que lugar incrível!

Cinque Terre: ficamos em La Spezia (duas noites). Foi o suficiente, porque passamos um dia inteiro passeando pelas belíssimas Cinque Terre.

Florença: ficamos três noites. Eu gostaria de ter ficado mais, foi a cidade que mais me impressionou. Dá pra conhecer bastante coisa. Andamos muito e visitamos vários lugares.

Veneza: aqui, ficamos por duas noites. Acho que foi o suficiente. Estava muito frio e choveu. É uma cidade lindíssima, mas um pouco cansativa pelo fato das ruas serem de pedra, tem muitas pontes com escadas… Mas eu não deixaria de ir, de jeito nenhum!

Roma: ao todo, passamos seis noites na cidade. Sem palavras! Ficamos bem perto do Coliseu. Caminhamos muito, conhecemos tudo que havíamos planejado. Aqui a dica do Rogério fez muita diferença, porque iríamos nos hospedar perto da estação Termini e ele nos orientou que esse não seria um bom local. Ainda bem! 🙂

viagem para conhecer a Itália_Venezia_Viajando bem e barato

As hospedagens

Cinque Terre

Hotel Firenze e Continentale – Fica na frente (literalmente!) da estação de trem de La Spezia Centrale, de onde partem diversos trens. O hotel é ótimo, tem wi-fi e o café da manhã é excelente. O edifício é histórico mas foi reformado, por isso, o hotel também tem elevador.

Veneza

Locanda SS. Giovanni e Paolo –  É simples, mas fica em Veneza mesmo, essa é a vantagem. O café da manhã é fraquinho, o wi-fi é bem ruim e não tem elevador (dica: leve mala tamanho M). Mas o quarto é bom, e a gente ficava muito tempo na rua (estávamos em Veneza!), portanto, deu pra ficar ali numa boa.

Neste post, você encontra várias dicas ótimas de hospedagem em Veneza, se quiser buscar uma alternativa.

Florença

Hotel Montreal – Fica bem perto da estação Santa Maria Novella. O hotel era muito bom – e tem wi-fi liberado para hóspedes. Uma pequena observação: tem elevador só até o primeiro andar, depois a gente sobe de escada (nem preciso falar da mala de novo, né?). O café da manhã é pago à parte, acho foi 5 euros por dia por pessoa – é razoável, mas vale a pena.

Roma

Hotel Mercure Roma Centro Colosseo – Esse foi a melhor de todas nossas hospedagens, definitivamente. Pagamos um pouco a mais pra ter uma vista do Coliseu, e sim, vale a pena abrir a janela e dar de cara com aquela maravilha. O café da manhã também era à parte (salgados 16 euros por dia por pessoa), então optávamos por fazer um picnic no quarto antes de sair pra maratona diária. Esse foi o único hotel em que havia frigobar no quarto, então dava pra fazer essa “farofa”. O hotel fica perto do metrô (uma caminhada pequena), e dá pra ir aos principais pontos turísticos gastando bem pouco.

viagem para conhecer a Itália_Daniela e Rui_Viajando bem e barato

Como chegamos aos hotéis

Fomos à pé em todas as cidades, menos em Roma (onde usamos o trem e táxi) e Veneza (neste, fomos de táxi-barco). Em Veneza, pagamos 60 euros pelo Vaporetto, mas valeu a pena: ele nos deixou na esquina do hotel. O Rui tinha lido que outras pessoas tinham demorado bastante pra localizar o hotel, por isso optamos por pegar um táxi para facilitar o processo. Na nossa opinião, não vale a pena pegar o circular (o barco que faz o papel de ônibus lá) porque ele vai te deixar numa parada e você vai ter que ficar andando até achar o endereço do hotel. Os endereços em Veneza são difíceis de localizar!

Em Roma, pagamos 14 euros cada bilhete de trem (o Leonardo) e 9 euros pra ir do Termini até o hotel de táxi.

Ingressos antecipados

Compramos os ingressos para a Galleria degli Uffizi, para a Accademia (ambos em Florença e para o Museu do Vaticano (em Roma) pela Internet. Valeu a pena SIM! O motivo? As filas são gigantes! Com os ingressos a gente passou na frente de uma multidão. Só é preciso chegar no horário que está marcado e pronto. Muito bom! Mesmo pagando quatro euros a mais do que o ingresso na hora, vale a pena, sem dúvida nenhuma.

Compramos também o Roma Pass, mas lá na estação Termini, quando chegamos em Roma. Também foi ótimo porque a fila pra entrar no Coliseu é imensa e, com o cartão, passamos na frente.

Ingressos de atrações turísticas podem ser comprados diretamente no site de cada atração ou então todos em um único lugar e uma única compra.

viagem para conhecer a Itália_ingressos_Viajando bem e barato

As viagens de trem

O Rogério orientou na compra dos bilhetes de trem e deu tudo muito certo. Os trens são perfeitos, pontuais, confortáveis e muito rápidos.  Se você quiser, pode comprar sua passagem antecipadamente. Confesso que, quando fui comprar os bilhetes, achei o preço um pouco caro, mas, depois que estávamos lá dentro dos trens, viajando, vimos que vale cada centavo de euro. Vale muito a pena viajar de trem!

Nós só erramos no tamanho das malas: da próxima vez, levaremos malas menores. Estávamos com uma mala cada um, mas elas eram grandes e, às vezes, ficava difícil colocar no compartimento de malas dos vagões. Sem contar que andar com elas por Veneza foi uma experiência… inesquecível, eu diria! Hehe 🙂

O Rogério orienta o seguinte: que cada viajante leve, no máximo, uma mala média de até 20kg, e uma bolsa/mochila de mão, para facilitar deslocamentos e a guarda das malas nos trens e voos. Ajudará bastante! 🙂

O clima durante a viagem

Estava ameno. Só pegamos frio mesmo em Veneza. Nos outros lugares estava bem agradável. A consultoria falou sobre quais roupas levar, mas nós não demos ouvidos… Acho que por isso acabamos passando frio lá! Hehe 😉

viagem para conhecer a Itália_Daniela em Cinque_Viajando bem e barato

Seguro de viagem obrigatório

Não utilizamos em nenhum momento, mas sabíamos que era obrigatório. Mas muita gente não sabe nada sobre a importância de contratar seguro de viagem, então é bom conferir este post sobre o seguro viagem, sua obrigatoriedade e dicas.

Nosso financeiro para a viagem

O financeiro ficou dentro do esperado. Só levamos dinheiro (2.800 euros) e usamos um pouco do cartão de crédito.

Procedimentos de imigração 

Fizemos a imigração em Roma. Não pediram nada, só perguntaram se éramos turistas (e ainda assim, com certa má vontade…). Observação: pra nossa tristeza, o carimbo que fizeram no passaporte é mínimo, numa folha nada a ver e nem tem o nome do país. 🙁

viagem para conhecer a Itália_Florença_Viajando bem e barato

Telefone e internet

Eu comprei um cartão da Tim e já saí da loja com ele funcionando. Paguei 30 euros, usei internet e pude ligar várias vezes para o Brasil. Foi muito bom. Deu exatamente para 15 dias. Esqueci de dizer que nos trens tem tinha wi-fi, o que ajuda muito na comunicação com a família e amigos que ficaram no Brasil. Já o Rui fez um pacote na Claro aqui e gastou bastante: pagou 400 reais de conta de telefone quando voltou… Certamente, da próxima, fará de outra forma.

Recomendam a consultoria?

Eu recomendo pra todo mundo, já desde a primeira viagem para a Europa que fiz com os roteiros do blogueiro! Obrigada pela atenção antes, durante e depois da viagem! Parabéns pelo seu trabalho e que você tenha muito sucesso! E, muito provavelmente, contratarei o serviço novamente, pois as dicas do Rogério são excelentes!

viagem para conhecer a Itália_Cinque Terre_Viajando bem e barato

Dicas para quem vai viajar para conhecer a Itália

– Andar de metrô em Roma é ótimo porque a gente economiza, tem contato com as pessoas do país e conhece um monte de coisas. Além disso, em Roma,  os metrôs são ótimos. Vá sem medo!

– O táxi-barco em Veneza vale mais a pena que a gôndola, na nossa opinião. A gôndola só faz um passeio e te deixa no mesmo lugar onde te pegou, sem contar que custa 80 euros!

– Não deixe de comprar os bilhetes de museu e do Vaticano pela Internet, vale a pena! A espera na fila pra entrar no Museu do Vaticano era de três horas no dia em que estivemos lá (pra quem não comprou antes). Comprar antecipadamente é uma boa escolha para estes locais muito visitados por turistas, confira os preços e atrações aqui!

– Não pegamos fila pra visitar a Bocca della Veritá. Fomos num dia cedo e tinha só umas dez pessoas. Muito bom, indico que os viajantes façam o mesmo!

– Não deixe de visitar o Panteão, em Roma. É lindo, é de graça, é mágico. E não fique menos de quatro dias em Roma. Tem coisa demais pra ver lá.

– Em Florença, fique várias horas na Loggia dei Lanzi, que fica ao lado do Palazzo Vecchio. Tem umas estátuas lindíssimas (minha preferida é o Rapto das Sabinas). Também é de graça. É um museu a céu aberto.

– Também em Florença, tem um restaurante ótimo: o Buca Mario. O nhoque com gorgonzola que eu comi nunca vou esquecer…

Confira mais algumas fotos incríveis desta trip pela bella Itália!

Daniela e Rui
Bauru/SP
Data da viagem: abril 2015

___

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita na Europa
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

___

banners05animado01

Tags

1 Comentário

  1. Pretendo realizar uma viagem p Itália , em. Maio próximo ano, de 10 a 12 dias . Cidades: Roma Milão , Florença, Veneza. Gostaria de receber roteiro detalhado . Gratas,

    Comente

Trackbacks/Pingbacks

  1. Dicas de hospedagem em Roma e Florença - testadas e aprovadas pelos clientes da consultoria - Viajando Bem e Barato | Dicas e roteiros de viagem - […] do casal Rui e Daniela, que fizeram um giro pela Itália em abril de […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *