Caminhos de Pedra: Casa da Ovelha

Atualizado por em 14/09/2017

Manuela Colla

A Casa da Ovelha faz parte dos Caminhos de Pedra, uma iniciativa de resgate histórico de Bento Gonçalves que conta a história da imigração italiana por aquela região através de arquitetura, paisagens e costumes. Vem saber como foi o domingo que passamos lá – uma ótima dica de passeios pra quem viaja com crianças!

Casa da Ovelha_casa_Viajando bem e barato

Caminhos de Pedra

Antes de chegarmos na Casa da Ovelha, vamos falar desse passeio turístico em Bento Gonçalves que, hoje, é Patrimônio Histórico do Rio Grande do Sul. O roteiro de turismo rural tem 12 km de extensão e é composto por uma série de casas centenárias de pedra, cada uma com um tema: temos a Casa da Ovelha, a Casa do Tomate, a Casa da Erva Mate, restaurantes, casas de doce, de tecelagem, um deleite para os visitantes que querem conhecer a cultura italiana! Saiba mais sobre as atrações lá no site oficial da rota.

Casa da Ovelha

Nosso passeio na Casa da Ovelha já começou bem: com uma degustação de todos os produtos feitos lá (#gordinha). Brincadeiras à parte, tivemos uma explicação super completa sobre o histórico prédio de madeira que abriga a Casa da Ovelha, construído em 1917, na Linha Palmeiro, Distrito de São Pedro – cerca de dez quilômetros fora do perímetro urbano de Bento Gonçalves.

Hoje, o espaço é chamado de Parque da Ovelha, onde são produzidos lacticínios derivados de leite de ovelhas criadas na propriedade. A ideia é ter uma vivência de como seria um dia nesta fazenda, auxiliando na alimentação dos animais e curtindo uma verdadeira experiência de turismo rural que as crianças – e adultos – adoram.

Casa da Ovelha_espaço degustação

o belíssimo espaço onde aconteceu a degustação

Durante a degustação, nos explicaram que, na fazenda, vivem cerca de 700 ovelhas da raça lacaune que somente produzem leite. Uma ovelha produz cerca de dois litros de leite por dia – um padrão para esta raça francesa e que parece pouco para quem está acostumado com a ovinocultura a que estamos habituados. Mas o sabor deste leite é incrível.

Degustamos os queijos tipo Feta (ideal para acompanhar saladas, de origem grega), o grana parmesão (mais forte e conhecido por todos), o pecorino toscano (também bem suave, de origem italiana) e também o samsoe (de leite de vaca, mas igualmente suave – foi meu favorito!). Depois, nos serviram o doce de leite Memé (melhor nome), super gostoso, produzido por ali. A Casa da Ovelha também faz doces de frutas, iogurtes e até mesmo cosméticos – dá pra comprar tudo na loja virtual deles e em diversos pontos de venda.

Aliás, a parte de baixo da Casa da Ovelha tem uma loja bem completa com todos os produtos produzidos ali e souvenirs. E quem postar alguma foto do passeio nas redes sociais usando a hashtag #parquedaovelha ganha 5% de desconto nas compras. 🙂

Alimentando as ovelhas

Logo em seguida, ganhamos chapéus de palha (providenciais porque o sol estava muito forte naquele domingo) e fomos levados para assistir uma breve explicação sobre as ovelhas lacaune e alimentá-las com ração (as adultas). A criançada se esbaldou – e a gente também – elas são muito mansinhas e bonitas! Essa raça é um pouco diferente da ovelha que estamos acostumados a ver, são mais magrinhas e musculosas, mas igualmente fofinhas.

Casa da Ovelha_alimentando_Viajando bem e barato

Depois dessa diversão toda, fomos convidados a dar mamadeira para as ovelhinhas filhotes, momento super esperado do passeio. As funcionárias que nos guiaram neste passeio explicaram que as ovelhinhas que alimentaríamos teriam cerca de um mês e meio de vida, e que elas precisam receber cinco mamadeiras de 250ml por dia – juro que elas bebem o leite em segundos, são muito comilonas! 🙂

Uma série de orientações são passadas neste momento, e as funcionárias da Casa da Ovelha pegam uma a uma delas, levam até a família que vai dar a mamadeira, fica com ela ali e explica como precisa ser feito, e coloca-a de volta no seu estábulo. Tudo com bastante segurança e amparo, como deve ser. Mas também… Olha que coisinha mais linda:

Casa da Ovelha_ovelhinha_Viajando bem e barato

As veterinárias nos explicaram que o período de gestação desta raça de ovelhas é de apenas cinco meses e que, depois de nascer, sua lactação dura mais cinco meses. Antes disso, a ovelha filhote só mama na mãe durante três meses, quando ela fornece o indispensável colostro para que o bichinho desenvolva sua imunidade com plenitude. A veterinária ainda nos contou que cada ovelha costuma ter um ou dois filhotes de cada vez e que elas nascem pequeninas.

Casa da Ovelha_dando de mamar_Viajando bem e barato

Além dos passeios que fizemos (degustação dos produtos, alimentação e amamentação das ovelhas), o Parque da Ovelha ainda oferece outras atrações num passeio que pode até mesmo durar um dia:

* Pastoreio de ovelhas com a utilização de Cães da raça Border Collie;
* Amamentação de Filhotes com uso de mamadeiras e feito pelo próprio visitante;
* Ordenha – Visualização e participação desta rotina diária de nossa fazenda;
* Alimentação de ovelhas – Dar de comer à ovelhas adultas é educativo e muito divertido;
* O Grande Rebanho – Movimentação diária de um lote de ovelhas para o galpão;
* Passeio de Trator pela Fazenda e Parque de Esculturas.

Serviço
Casa da Ovelha

Rodovia Linha Palmeiro, 400 – Distrito de São Pedro
Bento Gonçalves – RS
Telefone:(54) 3455-6399
Horários:
Loja: 9hs às 17h30min
Atrações do Parque: 9h30min às 16h30min
Duração: Mínimo de 1 hora e 15 min
Informações para agendamento de grupos
Site

Este é nosso nono post sobre a Serra Gaúcha:

– Confira aqui nosso relato sobre a visita à casa da família Vaccaro

– Leia sobre o nosso almoço inesquecível na Osteria Della Colombina

– Conheça as delícias das trufas da Devorata Chocolates Artesanais

– Saiba tudo sobre a baita hospedagem no Hotel Casacurta… E o jantar inesquecível que tivemos na hostaria Casacurta

– As delícias da culinária moderna “escondidas” no Champenoise Bistrô, que fica em Pinto Bandeira

– Sugestão de passeio para a tarde: Vinícola Dom Laurino e Wine Garden Miolo

___

Política de indicação de passeios e locais do Viajando bem e barato

Este passeio foi feito por Rogério Milani  e Manuela Colla, blogueiros do Viajando bem e barato. Todos os gastos neste local foram pagos por nós e resolvemos divulgá-los porque nossa experiência foi positiva e mereceu um post no blog.
Qualquer post patrocinado será mencionado, quando for o caso: usaremos a hashtag #ap para apoio, patrocínio ou parceria (quando tem algum aporte financeiro ou alguma troca) e #ad para post patrocinado.

_____

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

__

banners05animado01

Tags

Trackbacks/Pingbacks

  1. Dicas sobre a Fenachamp - […] Caminhos de Pedra: Casa da Ovelha […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *