Champenoise Bistro: alta gastronomia na Serra Gaúcha

Atualizado por em 14/09/2017

Manuela Colla

Num domingo ensolarado e preguiçoso, nos despedíamos dos dias que passamos em Bento Gonçalves e Garibaldi e Rogério veio com a sugestão de almoçarmos num novo recanto de alta gastronomia na Serra Gaúcha: o Champenoise Bistrô, recém-aberto em Pinto Bandeira e adepto do conceito slow food. Bora lá ver como foi?

gastronomia na Serra Gaúcha_restaurante_Viajando bem e barato

Já na chegada, ficamos impressionados com a beleza do lugar, que fica na beira da estrada em Pinto Bandeira, que hoje é emancipada do município de Bento Gonçalves, cravada num vale com uma vista incrível. Se você quiser, pode ficar hospedado em Garibaldi, Bento ou Caxias e alugar um carro para conhecer o restaurante. RentCars e Rental Cars são serviços altamente recomendados pelo blogueiro.

Gastronomia na Serra Gaúcha

Fomos recebidos no Champenoise por Marina Santos, enóloga e uma das proprietárias do local (seu sócio é o Israel Santos, seu marido e chef) – os dois reformaram todo o casarão centenário onde fica o restaurante para oferecer o melhor da gastronomia na Serra Gaúcha.

Dá pra notar que tudo no lugar é minimamente pensado, seguindo bem o conceito da slow food: para prender os guardanapos, um lacre de espumante; para funcionar como aparador de talheres, uma rolha cortada ao meio… Água fresquinha da fonte nos foi servida já de primeira, e o atendimento foi super carinhoso e atencioso – era a primeira vez que estávamos ali, e Marina explicou que, de acordo com as estações do ano, eles servem três cardápios de degustação fixos.

O couvert era delicioso: a manteiga que acompanhava os pãezinhos é feita por ali, mesmo… E tudo tinha uma cara de comida de vó, de almoço de domingo de antigamente, ao ar livre e beeem devagar.

gastronomia na Serra Gaúcha_couvert_Viajando bem e barato

Como estávamos em dois casais, espertamente escolhemos experimentar todos os três menus do Cardápio de Verão do bistrô, para que tivéssemos uma ideia de tudo o que é servido ali. Eu já tinha dado uma espiada no Facebook do local, e fiquei super intrigada porque vi um cliente compartilhando uma foto de Flor de Abóbora como entrada. Comentei isso e o Rogério me disse que a mãe dele também fazia a iguaria em casa, mas frita. Eu e ele escolhemos, então, este cardápio:

Entrada: flor de abóbora recheada com melão, copa artesanal e queijo pecorino da região. E detalhe: servida em cima de uma pedra de basalto, típica da região. Os sabores combinavam muito entre si, uma entrada bem refrescante e, ao mesmo tempo, ousada.

gastronomia da Serra Gaúcha_flor de abóbora_Viajando bem e barato

O primeiro prato era um caramelle de açafrão da terra recheado com zuchini defumado.

gastronomia da Serra Gaúcha_caramelle_Viajando bem e barato

O prato principal me surpreendeu demais: galinha caipira recheada com cebola doce e acompanhada de purê de moranga.

gastronomia da Serra Gaúcha_galinha_Viajando bem e barato

O cardápio da Leti era mais ousado e surpreendeu até o final. Toda vez que chegava um prato dela, era aquela comoção geral na mesa!

A entrada foi uma Bavaroise de milho verde e carne seca defumada em palha de milho. A bavaroise é uma espécie de mousse bem leve.

gastronomia da Serra Gaúcha_Bavaroise de milho verde e carne seca_Viajando bem e barato

O primeiro prato da Leti foi um Ravioli de ameixa passa e especiarias com velouté de beterraba.

gastronomia na Serra Gaúcha_Ravioli de ameixa passa_Viajando bem e barato

O prato principal? Linguiça artesanal com farofa de castanhas e geleia de araçá.

gastronomia na Serra Gaúcha_Linguiça artesanal_Viajando bem e barato

O Clóvis pediu o Menu Nature, totalmente seduzido pela entrada de pato confit e o carré de porco do prato principal. Vamos à entrada? Folhado de pato confit ao molho de espumante rosé e amoras.

gastronomia da Serra Gaúcha_confit_Viajando bem e barato

Em seguida, o primeiro prato do Clóvis: Tortellini gratinado de codorna e mandioca salsa ao molho de ervas (todas orgânicas e da horta do restaurante).

gastronomia na Serra Gaúcha_Tortellini gratinado_Viajando bem e barato

Carré de porco e frutas da estação na brasa.

gastronomia da Serra Gaúcha_Carré de porco_Viajando bem e barato

Depois desse verdadeiro banquete, ficamos conversando tanto que, quando vimos, metade da tarde tinha passado (bendito slow food!) e resolvemos pedir a sobremesa.

A minha sobremesa era arroz doce com farofa de paçoca crocante. O arroz doce era quentinho e a farofa, absolutamente deliciosa. A sobremesa foi feita com arroz cateto biodinâmico, leite de coco orgânico, especiarias, mel orgânico, chantilly de coco e lavanda e flor comestível. A decoração da sobremesa era tão delicada quanto o sabor, espia:

gastronomia na Serra_arroz doce_Viajando bem e barato

A segunda sobremesa foi um sorvete de morango com calda de manjericão absolutamente delicioso e refrescante – na nossa opinião, a pedida perfeita para fechar o cardápio de verão!

gastronomia na Serra_sorvete_Viajando bem e barato

Para quem vai com crianças, o Champenoise oferece um cardápio kids – espaguete ao molho de tomates frescos e almôndegas – ao custo de módicos R$ 20. E, de sobremesa, sorvete de frutas da estação. 🙂

Vai dizer que não dá vontade de viver essa baita experiência gastronômica? E o preço não é salgado, como pode parecer à primeira vista. Os cardápios completos variavam entre R$ 75 e R$ 85 – bebidas e sobremesas à parte, foi um baita almoço/tarde para curtir um domingo ensolarado na região – e com as melhores companhias!

Este é nosso sexto post sobre a Serra Gaúcha – leia os outros:

Visita à casa da família Vaccaro

Almoço inesquecível na Osteria Della Colombina

Experimentando as trufas da Devorata Chocolates Artesanais

Tudo sobre a hospedagem no Hotel Casacurta e a Hostaria do Casacurta.

Serviço

Champenoise Bistrô
Horários: Sexta a domingo almoço: 11h30min as 14h30min
Sextas e sábados jantar: 19h30min as 10h
Linha Amadeu, Pinto Bandeira
Reservas: 54 9175-2732
Página no Facebook

Quartas e quintas à noite, o local reserva atendimento para grupos de até 12 pessoas com Menu fechado. Com ou sem curso na Escola do Vinho.

Escola do Vinho: Curso de harmonização seguida de almoço: sextas e sábados a partir das 10h30min.

Queijos e Vinhos / Degustações básicas / Espumantes / todas as quintas durante o dia, basta agendar seu horário.

___

Política de indicação de passeios e locais do Viajando bem e barato

Este passeio foi feito por Rogério Milani  e Manuela Colla, blogueiros do Viajando bem e barato. Todos os gastos neste local foram pagos por nós e resolvemos divulgá-los porque nossa experiência foi positiva e mereceu um post no blog.
Qualquer post patrocinado será mencionado, quando for o caso: usaremos a hashtag #ap para apoio, patrocínio ou parceria (quando tem algum aporte financeiro ou alguma troca) e #ad para post patrocinado.

____

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

banners05animado01

Tags

1 Comentário

  1. Adorei

    Comente

Trackbacks/Pingbacks

  1. Passadas – roteiro em Garibaldi | Have an Amazing Trip - […] e na Barlavento. Outra boa dica é conferir as delícias da culinária moderna “escondidas” no Champenoise Bistrô, que fica…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *