Oyster Card: aprendendo a decifrar o transporte Londrino

Atualizado por em 01/04/2016

Rogério Milani

Londres é uma das cidades do mundo com mais meios de transportes públicos, e pode-se dizer que todos eles funcionam muito bem. Este post vai lhe ensinar, com muitas dicas e facilidades, a como usar qualquer meio de transporte com o famoso Oyster Card para que você possa visitar o máximo de lugares e pontos turísticos que conseguir no tempo que ficar na cidade.

O metrô londrino constitui o sistema metropolitano mais antigo e extenso do mundo – dá uma olhada aí embaixo na diferença em relação ao metrô de São Paulo. Ele é tão complexo que não existe um horário de funcionamento único. Em geral, as estações de metrô param por volta da meia-noite e retornam às 5h.

Oyster Card_Metros_Viajando bem e barato pela Europa

Existem muitas formas de você se organizar e economizar seu tempo e dinheiro para transitar por Londres. Uma delas é ler o máximo que você puder sobre isso lá no site de transporte de Londres ou ler um resumo aqui no nosso blog. Se está planejando viajar para Londres em breve, pode gostar também de ler este post super completo sobre a cidade, com dicas da nossa colaboradora Roberta Weber Calabró.

Os ônibus urbanos, uma das maiores redes do mundo também, são outra forma conveniente de se locomover e você ainda têm oportunidade de fazer um passeio turístico pela cidade. Atualmente, novos e modernos ônibus estão circulando por Londres.

Oyster Card_Double_Viajando bem e barato pela Europa

Há também ônibus que funcionam durante toda a noite (estes possuem o prefixo N nas paradas de ônibus, N44 por exemplo) e são uma ótima alternativa ao metrô. Somente preste atenção nas rotas, algumas são as mesmas dos ônibus diurnos e outras realizam itinerários completamente diferentes.Oyster Card_Bus Stop_Viajando bem e barato pela Europa

E o tal Oyster Card?

O Oyster Card é a forma mais barata de pagar viagens em ônibus, metrô (Tube), DLR (Docklands Light Railway, um sistema de metrô ligeiro, que circula na área de Docklands e na região leste), trens e a maioria dos serviços de National Rail em Londres. Ele custa 5 libras e a partir daí você pode recarregá-lo do modo como preferir. Lembrando que esse dinheiro é reembolsado no momento da devolução do cartão. Você pode comprar ou recarregar o cartão em supermercados, bancas de revistas ou em qualquer estação de metrô e, para utilizar, procure o leitor amarelo do Oyster Card e passe o cartão. No metrô, passa-se o cartão na entrada e na saída e, no ônibus, apenas na entrada.

Oyster Card_cartão_Viajando bem e barato pela Europa

Motivos para usar o Oyster Card

Os Oyster Card são inteligentes e permitem armazenar saldo em modalidades de pagamento segundo seu uso e em três diferentes tipos no mesmo cartão: Pay as You Go, (desconto de créditos conforme for usando), Travelcard (para um período) Bus e Trams (para quem usa somente ônibus e trams).

Além disso, os Oyster Card são reutilizáveis e podem ser recarregados quantas vezes você quiser, não tendo validade de uso e o saldo sempre vai permanecer no cartão. E o carregamento pode ser feito com cartão de crédito, débito ou dinheiro.

Pagar segundo a utilização do cartão

Na maioria das viagens, essa modalidade “Pay as you go” é muito mais barata que o pagamento em dinheiro (Ex. Ônibus com dinheiro custa 2,40 libras e, com o Oyster, 1,50 libras). Se você utilizar mais viagens que o valor do travelcard diário, por exemplo, você nunca pagará mais. O sistema calcula o limite diário em função do tempo e do modo com que é feita a viagem, e vai descontando automaticamente o dinheiro, incluindo metrô, DLR, trens e outros serviços na National Rail em Londres (como o incrível passeio pelo “bondinho” da Emirates Air Line).

Lembre-se: todo o dinheiro depositado no Oyster Card pode ser obtido de volta ao devolver o cartão, na última estação de metrô, possivelmente em Heathrow. Por isso, você não precisa se preocupar com a hora e, se sobrar alguma grana no cartão (não será muita coisa), ótimo. O cartão é inteligente e gasta sempre o menor valor possível.

Bilhetes de temporada com o Oyster

O Oyster permite adquirir Travelcard e passes de ônibus e você vai poder utilizar todos os serviços comprados dentro do limite de dias e zonas que você comprou. Por exemplo, se você comprar o Travelcard 7 day bus/tram pass, isso significa que você poderá andar de ônibus para onde quiser dentro das zonas 1-8 durante sete dias, a começar pela data escolhida (que começa a contar do momento do primeiro uso). Isso tudo você poderá ler na hora de comprar o bilhete nas máquinas automáticas.

Oyster Card_Menu_Viajando bem e barato pela Europa

Recomendação para turistas

Para quem visita Londres a turismo, a melhor opção é o Oyster Card com um 7 Day Travelcard, onde você tem direito a utilizar número ilimitado de trens, metrôs e ônibus entre as zonas 1-2 durante 7 dias, que custará 32,40 libras + as 5 libras do depósito, que você poderá recuperar depois ao devolver o cartão nas máquinas. Lembrando que a maioria dos principais pontos turísticos londrinos ficam na Zona 1 e 2.

O cartão ou transporte podem ser utilizados para ir e vir do aeroporto, o que facilita bastante a vida dos turistas. Se você chegar no maior aeroporto londrino, Heathrow, pode ir até o seu hotel de metrô pela estação fica na zona 6, na Piccadilly Line. Pegue um Oyster Card na estação, pelo qual você deposita 5 libras (reembolsáveis) e a linha Picadilly leva ao centro de Londres em 50 minutos.

Do aeroporto de Gatwick você também pode pegar o Circle Line, District Line ou Victoria Line. Do aeroporto City (perto da estação de Canary Wharf), você pode pegar o DLR, uma estação do monotrilho que se conecta à rede de metrô e também pode utilizar o Oyster.

Informações importantes

Apesar do Oyster Card ser individual, se você está na cidade a turismo e não estiver usando mais o cartão, ele pode ser passado para outra pessoa. Por outro lado, duas pessoas não podem passar com o mesmo cartão duas vezes seguidas quando viajam juntas, ou seja, cada um deverá comprar o seu próprio Oyster Card.

Uma outra novidade recente (que somente o transporte de Londres pode fornecer) é que agora você não precisa mais buscar por um atendente para comprá-lo nas grandes estações, isto é feito diretamente nas máquinas. Não esqueça de pegar a sua capinha que fica em cima da máquina. No seu último dia em Londres, estas mesmas máquinas que também devolvem o dinheiro que sobrou no Oyster + 5 pounds do valor inicial do Oyster. Só jogar o cartão fora ou guardar de lembrança. É ou não é incrível?

Dica para reutilizar o Oyster Card: você poderá usar o seu Oyster Card de novo ou passar para outra pessoa somente se não tiver pedido o reembolso dos 5 pounds. Caso você tenha pedido todo o dinheiro de volta, o cartão fica inutilizado.
Se precisar de informações mais detalhadas, acesse:
http://www.tfl.gov.uk/

Para consultar a tabela completa de preços:
http://www.tfl.gov.uk/tickets/14416.aspx

Post escrito em parceria com Roberta Weber Calabró, do Steps to Fly

Trilha sonora que ouvi para redigir este post: 

_____

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita na Europa
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

 

banners05animado01

Tags

Trackbacks/Pingbacks

  1. Viagem sozinha pela Europa - […] Oyster Card. Foi ótimo, prático e valeu a pena! Se você quer saber tudo sobre ele, leia aqui uma…
  2. Viagem para a França, Espanha, Holanda e Inglaterra - […] Compramos dois Oyster Cards pré-carregados para 3 dias. Valeu a pena, pois no final eles devolvem os 5 euros de…
  3. Viajando sozinho pela Europa - […] Em Londres Utilizei o famoso Oyster Card. Gastei 30 libras para um cartão de sete dias, apenas na Zona 1…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *