Canyons de Cambará do Sul – dicas de hospedagem, onde comer e passeios imperdíveis

Atualizado por em 14/09/2017

Rogério Milani

Estive nos canyons de Cambará do Sul no final de semana de 18 de junho e curti demais os passeios, as belas paisagens e a comida inesquecível daquele lugar especial! Saiba como foi nossa viagem e organize já a sua – a região é ainda mais acolhedora no inverno!

Canyons de Cambará do Sul_Casal_Viajando bem e barato

Canyons de Cambará do Sul: nosso roteiro

Eu, minha esposa Letícia e mais quatro amigos resolvemos passar um final de semana nos fabulosos canyons de Cambará do Sul. Chegamos até Cambará do Sul de carro – saímos de Bento Gonçalves e, em 2h30min, estávamos lá. Para quem vai a partir de Porto Alegre, a viagem costuma durar 3h, usando o caminho de Gramado. Neste caso, pode-se alugar um carro para fazer o trajeto – indicamos alugar pela RentCars e Rental Cars, duas empresas super confiáveis e com boas taxas.

Nesta viagem, conheci o canyon Fortaleza, onde nunca havia estado – mas, antes, fomos ao Itaimbezinho pela parte da manhã, onde ficamos umas três horas caminhando pelas trilhas, relaxando, tirando fotos e apreciando a belíssima paisagem.

Depois destes passeios, fomos almoçar no Parador Casa da Montanha, onde nos esperava um churrasco assado no fogo de chão – um clássico deste local – com muita carne de ovelha e linguiça campeira recheada com pinhão (comida típica da região e absolutamente deliciosa, tem que provar!). Ficamos até o final do dia por lá – o local é muito aconchegante, tudo tem calefação e beber alguns espumantes conversando com amigos era tudo o que queríamos! À noite jantamos no fabuloso Restaurante do Lago, que escreverei mais detalhadamente abaixo, e voltamos para o hotel para descansar.

No dia seguinte, fomos conhecer o canyon Fortaleza que, sem dúvida, é o mais lindo de todos – a foto que abre esse post foi feita lá e fala por si só! Ele fica numa parte mais alta da região mas vale o esforço pra chegar lá. Foi bem tranquilo de subir, mas nos disseram que, em época de chuvas, é desaconselhado fazer o caminho ingreme que leva a este canyon, a não ser com um veículo 4×4. Como o dia em que estivemos lá estava seco e ensolarado, sem neblina, víamos até 30 km de distância a partir do canyon: Capão da Canoa, Xangri-Lá e Torres, praias conhecidas do litoral gaúcho, eram possíveis de serem vistas. Um absoluto espetáculo da natureza!

Canyons de Cambará do Sul_paisagem_Viajando bem e barato

Depois deste passeio, voltamos ao hotel para fazer checkout e fomos almoçar no Restaurante do Lago novamente – já, já falo com detalhes sobre essa parada obrigatória em Cambará do Sul! Desta vez, até pescamos no lago que tem em frente ao local e nos divertimos um monte!

Canyons de Cambará do Sul: onde ficar

Nós ficamos hospedados no Cambará Eco Hotel, que tem um bom custo-benefício para os turistas que, como nós, viajam para lá no inverno. A calefação do hotel funciona super bem, o café da manhã é gostoso e o staff, atencioso. Falta um charme para o hotel ficar perfeito, alguns detalhes que fazem toda a diferença. Ele fica bem pertinho do centro da cidade, na estrada que liga ao canyon Itaimbezinho.

Canyons de Cambará do Sul_hotel_Viajando bem e barato

Outra excelente opção de hospedagem para quem quer conhecer a região dos canyons de Cambará do Sul é o Parador Casa da Montanha, com uma vista de tirar o fôlego e infraestrutura de um hotel de luxo – ideal para quem quer mais conforto e romantismo. O hotel também oferece passeios à cavalo e passeio de helicóptero como serviços adicionais.

Pode-se também optar por ficar hospedado em São José dos Ausentes, na famosa Fazenda Montenegro, da família Pereira. Lá, foram gravadas cenas da série A Casa das Sete Mulheres e também da novela O Profeta, e a família é conhecida por sua hospitalidade e pelas refeições fartas! Dá pra ir pra Cambará conhecer os canyons e voltar a São José dos Ausentes pra dormir, tranquilamente!

Pra gente, um dos grandes diferenciais do hotel em que ficamos foi a proximidade com o Restaurante do Lago, do fantástico chef Marcos Barbier – o cozinheiro que eu gostaria de ter em minha casa, todos os dias. O cara claramente coloca muito amor no seu trabalho e seus pratos transmitem isso, e é daquelas pessoas de quem você fica amigo instantaneamente, sabe? Bastava atravessar uma ponte sobre o lago e já estávamos no restaurante, que fica no mesmo terreno que o hotel.

Canyons de Cambará do Sul_chef_Viajando bem e barato

Pra vocês terem ideia, fomos ao restaurante nos três dias em que estávamos por lá! Além disso, a adega do restaurante é fantástica, o clima de “casa” e o atendimento, super acolhedores. A especialidade do local são trutas, que ele prepara com todo tipo de molho e tempero. O melhor de tudo isso? O preço do jantar era  super em conta!  E ainda ganhamos show particular da esposa do chef, Beatris, que é harpista e também ajuda o marido no restaurante. Sem esquecer o super atendimento do ótimo Douglas também!

De prato, indico QUALQUER uma das trutas que ele prepara – especialidade do restaurante – e também o ceviche de truta, que não sei se já está no cardápio mas, pra gente, ele fez atendendo a pedidos. E já adianto que ele não deixa nada a dever para os ceviches peruanos! De sobremesa, indico o fabuloso creme brulée (o chef faz uma versão com figo em calda que é de chorar de tão boa). Confira só o banquete de maravilhas que degustamos por lá:

O clima durante a viagem

Eu já havia estado nos canyons de Cambará em outras oportunidades, mas nunca com este tempo fabuloso: de manhã, a temperatura ficava em torno dos 6°C e, durante a tarde, subia pra 14°C. Mas o melhor era o sol e céu azul: pegamos dias incríveis de inverno, friozinhos mas sem nevoeiro, o que nos garantia uma visão inacreditável dos canyons.

Desvendando a região…

Antes de voltar pra casa, ainda passamos em mais um local que vale a visita: o Sabores da Querência! Propriedade do casal Vico e Claudia, o local comercializa geleias e antepastos orgânicos, com ingredientes que eles mesmos plantam e colhem na propriedade da família, o sítio Querência Macanuda (palavra que quer dizer lugar querido, amado, bonito). De uma simpatia ímpar, os dois te recebem no Sabores da Querência como se fossem seus velhos amigos, e logo começa a degustação das maravilhas que produzem! Descobrimos lá que eles também oferecem um passeio à cavalo pelos pomares, terminando com um delicioso café! Fica para a próxima! 🙂

Canyons de Cambará do Sul_Sabores da Querencia_Viajando bem e barato

Um passeio que indico para quem vai a esta região é um bate-e-volta até São Francisco de Paula para almoçar no Castelli Resto Pub, um lugar bem famoso e movimentado (indico reservar lugar, inclusive!), onde muita gente vai pra provar a moranga recheada com charque. O bistrô tem uma decoração rústica, lareira e um atendimento incrível!

Canyons de Cambará do Sul_moranga_Viajando bem e barato

Outro programa inesquecível para quem visita a região são as cavalgadas pelos canyons – ainda não fizemos isto, mas ouvi falar muito bem da Cavalgada Campo Afora, que é de um jornalista que largou tudo pra prover este tipo de serviço por lá. Ele organiza os roteiros de acordo com a disponibilidade dos grupos de pessoas e cuida de tudo – hospedagens, paradas para comer… Já imaginou passar uma semana cavalgando pela região com um grupo de amigos? Deve ser uma baita experiência!

Canyons de Cambará do Sul_Cavalgada_Viajando bem e barato

Imagem: Divulgação Cavalgada Campo Afora

Espero que tenham gostado do nosso roteiro de final de semana por essa belíssima região aqui do Sul. Você já esteve por lá? Quer dar alguma dica de programa imperdível pela região? Deixe aqui nos comentários! 🙂

___

Política de indicação de passeios e locais do Viajando bem e barato

Este passeio foi feito por Rogério Milani, blogueiro do Viajando bem e barato. Todos os gastos neste local foram pagos por mim e resolvi divulgá-lo porque a experiência foi positiva e mereceu um post no blog.
Qualquer post patrocinado será mencionado, quando for o caso: usarei a hashtag #ap para apoio, patrocínio ou parceria (quando tem algum aporte financeiro ou alguma troca) e #ad para post patrocinado.

_____

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

__

banners05animado01

Tags

Trackbacks/Pingbacks

  1. Destinos românticos para o Dia dos Namorados no Rio Grande do Sul - Viajando Bem e Barato | Dicas e roteiros de viagem - […] Eco Hotel – O Rogério se hospedou lá em sua viagem mais recente e achou o local um bom custo-benefício para…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *