Europa Barata: Dez coisas para fazer de graça em Florença

Publicado por em 21/07/2016

Rogério Milani

Florença é considerada uma cidade um pouco cara para se visitar e acredito que tem muita coisa legal pra fazer por lá numa viagem low-buget. Por isso, reuni uma listinha bacana de uma série de coisas pra fazer de graça em Florença, vem saber quais são!

coisas para fazer de graça em Florença_panorama_Viajando bem e barato

Florença faz parte do que chamo de “Santíssima Trindade” da Itália, juntamente com Roma e Veneza – as três são responsáveis pelo status e fama de “terra de sonhos” do país. Juntas, atraem milhares de turistas durante o ano todo, interessados em suas belas obras arquitetônicas, rica cultura e história e paisagens de tirar o fôlego… Isso sem falar da gastronomia! 🙂

Florença é uma cidade que se desenvolveu às margens do Rio Arno, sobre o qual ainda perseveram sensacionais pontes ancestrais. Esta cidade de mais de 2 mil anos teve seu auge no Renascimento e este momento histórico contribuiu não apenas para a beleza dos casarões, com suas cúpulas ornamentadas, mas também para que ali se reunisse, ao longo dos séculos seguintes, uma grande fatia da melhor arte já produzida em território italiano.

Estima-se que aproximadamente 40% do acervo artístico do país estão nos museus e nas ruas de Florença. Duas das galerias mais concorridas do mundo, Uffizi e Accademia, estão lá, apresentando aos visitantes perplexos as melhores criações de Michelangelo, Botticelli e outros gênios. Mas quem não encara uma fila por muito tempo não perderá a viagem se quiser só zanzar pelas ruas, pontes e esquinas da cidade, sempre prontas para revelar uma nova-velha surpresa.

Se você está com viagem marcada pra lá, confira também estas boas dicas de hospedagem em Florença, testadas e aprovadas pelos clientes da nossa consultoria personalizada.

Coisas para fazer de graça em Florença

1 – Visitar o Duomo 

Explorar o belíssimo Duomo é obrigatório para quem visita Florença e o melhor é que você não paga um centavo de euro pra fazer isso. A construção da Catedral de Santa Maria del Fiore iniciou-se em 1296 e foi concluída em 1887 – ou seja: o Duomo de Florença, como o vemos hoje, é o resultado de um trabalho que se estendeu por seis séculos. É a quinta igreja da Europa em grandeza e acomoda 30 mil pessoas.  Sua cúpula é obra de Filippo Brunelleschi e um dos símbolos máximos da cidade.

2 – Cruzar a Ponte Vecchio várias vezes

Esta é, com certeza, uma das pontes mais famosas do mundo e é tão bela que foi poupada de bombardeio pelos alemães na Segunda Guerra Mundial. Acredita-se que tenha sido construída ainda na Roma Antiga e era feita originalmente de madeira. Foi destruída pelas cheias de 1333 e reconstruída em 1345, com projeto da autoria de Taddeo Gaddi. Desde sempre, abriga muitas lojas e vendedores que mostravam as mercadorias sobre bancas. Curiosidade: diz-se que a palavra “bancarrota” teve origem nesta ponte: quando um mercador não conseguia pagar as dívidas, a mesa (“banco”) era quebrada (“rotto”) pelos soldados. Essa prática era chamada “bancorotto”. Muitos casais deixavam na ponte cadeados – que eram removidos periodicamente para não estragar a estrutura da obra. E fica a dica: a multa, hoje, é de 50 euros para quem for pego colocando um cadeado ali, viu? 🙂

coisas para fazer de graça em Florença_Ponte Vecchio_Viajando bem e barato

3 – Apreciar Os Cenáculos

Em Florença, existem lindos afrescos que representam a Última Ceia, criados por artistas importantes e com visita totalmente gratuita. Os Cenáculos. São eles:  Cenacolo di Ognissanti, Cenacolo di San Salvi, Cenacolo di Santa Apollonia, Cenacolo del Fuligno, Cenacolo della Calza e Cenacolo del Carmine. Muitos deles estão em mosteiros e ficavam longe dos olhos dos públicos, mas hoje vários deles foram transformados em museus. Saiba mais neste super post da Deise, do blog Passeios na Toscana.

4 – Piazza dela Signoria

No século 14, ela funcionava como principal ponto de encontro político e social da cidade mas, já há algum tempo, a arte tomou o espaço da política em sua área, delimitada pelo Palazzo Vecchio e o Café Rivoire (onde se toma um chocolate quente inesquecível). Ao invés de grandes discursos e homenagens, o que se encontra por lá são algumas das esculturas e réplicas renascentistas mais conhecidas. Entre os trabalhos originais, saltam aos olhos a imagem que Giambologna talhou do Duque de Médici montado a cavalo, enquanto o time das réplicas inclui Il Marzocco, de Donatello (cuja original está no Museu do Bargello) e o clássico florentino: Davi, de Michelangelo.

coisas para fazer de graça em Florença_Signoria_Viajando bem e barato

5 – Mercato delle Pulci

O Mercado de Pulgas de Florença oferece antiguidades de todos os tipos para os turistas: desde móveis até bijuterias, roupas, moedas, fotografias, livros e objetos para casa. É um passeio interessante não só para quem quer comprar este tipo de coisa, mas pra quem curte feiras de rua. Ele abre todos os dias, das 9h às 19h30min, e fica na Piazza dei Ciompi – no último domingo de cada mês, ele se estende por mais ruas da vizinhança!

6 – Piazzale Michelangelo

Um dos lugares mais lindos pra você ver Florença do alto e tirar fotos fantásticas, a Piazzale proporciona uma bela vista que engloba o rio Arno, a Ponte Vecchio e o Duomo. E, quando ouvimos dizer que o Davi, de Michelangelo, é onipresente em Florença, não se trata de exagero: uma réplica de bronze da obra-prima do artista é também o centro das atenções desse parque planejado pelo arquiteto Giuseppe Poggi no século 19. Ou melhor, a estátua divide o foco com a esplendorosa vista que se tem da cidade dali, a qual engloba todo o Centro Histórico e o Rio Arno.

coisas para fazer de graça em Florença_Piazzanale_Viajando bem e barato

7 – Mercato del Porcellino

Tradição, superstição e arte: a Fontana del Porcellino representa estas três coisas. Muitas cidades guardam uma superstição que convida o visitante a tocar numa escultura para trazer-lhe boa sorte e Florença tem a sua também: esfregue o nariz do javali e volte a Florença! 🙂 Um bom passeio pode ser visitar este mercadinho, que fica bem perto da Ppiazza Della Repubblica. Nas bancas, você vai encontrar principalmente artigos em couro, como bolsas, jaquetas, carteiras e cintos e ela funciona diariamente, das 9h às 18h30min.

8 – Mercatto Centrale

Eu adoro conhecer o Mercado Público de cada cidade que visito, e o de Florença é tão cheio de cores, sabores e atrações gastronômicas como tantos outros pela Europa. Queijos, presuntos, temperos e vinhos e o melhor de tudo é que você pode pedir para embalar à vácuo e trazer para o Brasil com as novas regras do Ministério da Agricultura. Confira mais infos neste post aqui! O queijo pecorino, feito com leite de ovelha, é típico desta região, e os embutidos são um mundo à parte na Itália – dizem que o salame de javali (conhecido como Cinghiale) é im-per-dí-vel! E pode-se comprar massa fresca, cortada na hora! Bom pra economizar no seu jantar ou almoço! 🙂

coisas para fazer de graça em Florença_Mercatto Centrale_Viajando bem e barato

9 – Giardino dell’Orticultura

Um respiro de todas as igrejas e obras de arte que você vai visitar, o Giardino dell’Orticultura fica a cinco minutos do centro de Florença – mais especificamente, nos arredores da Piazza Libertà. Se você estiver visitando Florença em maio, acontece por lá a famosa Mostra das Flores, que celebra a primavera.

10 – Visitar o túmulo de Michelângelo na Basílica de Santa Croce

A Basílica fica na  Piazza Santa Croce e é o local onde foram sepultados Michelangelo e também Galileu e Maquiavel. A Piazza Santa Croce é uma das praças principais do centro histórico de Florence mas não sofre grande assédio de turistas se comparada à Piazza Duomo e Signoria por ser em uma área um pouco mais afastada do “fervo”. Ela é repleta de lojinhas de souvernirs, restaurantes, vendedores ambulantes, cafés e artistas de rua.

coisas para fazer de graça em Florença_Basilica_Viajando bem e barato

E aí, gostou das nossas dicas? Viu como Florença pode ser um destino de viagem em que pode se economizar?

Você tem alguma dica imperdível de Florença para fazer de graça? Conta pra gente aqui nos comentários? 🙂

Confira nossos outros posts da série Europa Barata: Dez coisas para fazer de graça em Paris, Dez coisas para fazer de graça em Londres e Dez coisas para fazer de graça em Roma.

_____

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

__

banners05animado01

Tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *