Dicas de viagem Praia da Pipa: onde ficar, o que fazer e onde comer

Atualizado por em 14/09/2017

Manuela Colla

Passei sete dias descansando nas praias de Tibau do Sul (RN), e resolvi compilar algumas dicas de viagem para quem está pensando em ir pra Praia da Pipa e arredores! 

Dicas de viagem Praia da Pipa_Pipa_Viajando bem e barato

Dicas de viagem Praia da Pipa

Eu e meu marido Clóvis estávamos há cinco anos sem tirar férias (não me orgulho disso), então resolvemos fugir pra uma praia bem longe de casa, que tivesse uma boa estrutura, lugares bacanas pra comer e vistas paradisíacas. Escolhemos a Praia da Pipa, no Rio Grande do Norte, e seus arredores (Praia do Amor, Praia do Centro, Baía dos Golfinhos, Praia do Madeiro).

Depois de alguma pesquisa sobre o local, decidimos que uma boa alternativa seria alugar um carro no aeroporto de Natal pra conseguir fazer um giro pelas praias próximas sem depender de táxi ou transporte público. Mais tarde, descobrimos que essa seria uma decisão acertada – algumas pessoas que moram lá, inclusive, não aconselham o serviço de vans porque os motoristas estão sempre, digamos, com estados alterados de consciência. Conferimos de perto algumas vans no centro, todas estavam num estado duvidoso de conservação (pneus carecas, veículos antigos, mal cuidados…) – eu sou meio paranoica com essas coisas de segurança e achei super acertado o aluguel do carro. Se você quiser fazer como a gente, sugerimos alugar carro pela RentCars e Rental Cars, duas empresas super confiáveis e com boas taxas.

Praia da Pipa: onde ficamos

Villa Maree – Decidimos nos hospedar por lá depois de ler várias resenhas favoráveis no Booking e também ler que o sinal de Wi-Fi era ótimo (afinal, não dava pra desligar 100% da vida profissional). E ficaria lá de novo num piscar de olhos. O lugar é LINDO (a vista da Praia do Madeiro é de tirar o fôlego), você está cercado de natureza, silêncio e beleza (o Villa Maree fica colado no Santuário Ecológico de Pipa e saguis vinham todos os dias ver a gente tomar café da manhã na varanda e tentar descolar alguma frutinha). Aliás, o café da manhã era delicioso e com tudo sempre fresquinho e preparado na hora. Hmmm… Deu até saudades!

Outras boas dicas de hospedagem na Praia da Pipa? Oka da Mata, Toca da Coruja, Pousada dos Girassóis. Digo isso se você tem um perfil de viajante parecido com a gente e quer dormir sem o barulho da galera voltando pros hostels do centro da Pipa de madrugada. O centro da praia é lugar de festa em qualquer lugar do mundo, na Pipa não seria diferente. 🙂

Logo que chegamos no Villa Maree, a gerente de lá nos avisou que, todos os dias, escreve numa plaquinha o horário de subida e descida das marés, e isso é super importante pra ninguém ficar “ilhado” entre uma praia e outra. A maré avança aproximadamente 50 minutos a cada dia e o horário que encontrávamos na tábua como a maré baixa estava no meio de um intervalo de cinco horas. Por exemplo, se o pico da maré baixa é as 15 horas, entre as 13h e as 17h é possível de caminhar entre as praias. Da Praia do Madeiro, onde nos hospedamos, até a Praia da Pipa a caminhada dura cerca de 40 minutos. Entre as duas, fica a Praia do Curral, mais conhecida como Baía dos Golfinhos, onde eles ficam bem na beira, nadando entre os banhistas. E não é papo pra turista, vimos alguns bem de pertinho!

O mapa das marés está disponível no aplicativo gratuito Live Pipa e no site Guia Pipa. Encontramos, também, em vários restaurantes e locais turísticos a tábua das marés impressa, que era distribuída gratuitamente pra turistada. 😉

As Praias

As mais famosas são quatro: Praia do Centro, Praia do Amor, Baía dos Golfinhos (Praia do Curral) e Praia do Madeiro. A que mais amamos foi a Praia do Madeiro – era a mais sossegada, com o mar mais gostoso de entrar e tinha a famosa Barraca do Jegue, que virou nossa favorita. Digo isso porque, ao descer das escadas que te conduzem até a Praia do Madeiro (e qualquer outra Praia da Pipa), começa o assédio de vendedores dos barzinhos à beira mar pra você sentar nas espreguiçadeiras e ficar embaixo dos guarda-sóis mediante consumo mínimo de R$ 50. Eu, sinceramente, cheguei lá esperando que pudesse alugar esses itens na beira-mar, mas o esquema era só assim. Na Barraca do Jegue, todavia, a coisa é diferente: você usufrui das espreguiçadeiras e dos guarda-sóis sem consumação mínima. Claro que, eventualmente, você vai tomar uma caipirinha ou uma cerveja, mas ficar livre da consumação era maravilhoso e nos fez virar clientes do Jegue mais amado da Pipa. 😉

A Baía dos Golfinhos é linda e tem jeito de praia deserta; e o assédio na beira da Praia do Centro consegue ser ainda maior do que o da Praia do Madeiro. O lance é ter jogo de cintura e ser simpático – afinal, você está ali pra relaxar. Achamos o mar da Praia do Centro bem mais tranquilo pra quem viaja com crianças, aliás. As demais são todas praias de surfistas. E não esqueça de ficar de olho no mar: você vai ver golfinhos, pode apostar! 🙂

Pra quem curte, todas as praias oferecem aluguel de pranchas de surf e stand up paddle por R$ 20 e também aulas dos dois. Eu preferi ficar à beira-mar com minha caipirinha hehe. 🙂

Onde comer

A gastronomia é um dos pontos altos da Pipa. Como estivemos lá em setembro, poucos restaurantes estavam abrindo ao meio-dia, mas selecionamos quatro boas opções que cabem no bolso de qualquer viajante. São elas:

Oba Yakissoba – Por R$ 12, você come uma baita porção de yakissoba feito na hora (frito ou cozido), de camarão, legumes ou carne num ambiente bem bacana. A gente esteve lá dois dias, de tanto que curtimos – a decoração é uma graça e tudo é super despretensioso, como pede a Praia da Pipa. A dona é Thais Yoshimoto, neta de japoneses formada em turismo, que largou São Paulo para ter uma vida mais tranquila na Pipa.

Vá lá: Oba Yakissoba – Rua Albacora, Tibau do Sul – RN. Telefone: (84) 98822-3928. Horário: Aberto terças e de quinta a domingo para o almoço das 12h às 15h e todas as noites das 18h às 23h.

Quintal Restaurante e Tapiocaria – Um restaurante com vista pro mar que é barato pra almoçar – sim, isso existe! E ele é super premiado no Festival Gastronômico de Pipa. O Quintal serve peixes, saladas, camarões, massas, tapiocas, sanduíches e muitas opções de suco natural todos os dias – e o tradicional prato do dia, pelo módico valor de R$ 20 e aquele sabor de “comida de casa”, sabe? Nós viramos super fãs. Para os vegetarianos, o restaurante ainda oferece um cardápio especial. O prato mais famoso da casa é o Camarão no Coco Verde mas, como sou alérgica, não rolava de experimentar….

Vá lá: Quinta Restaurante e Tapiocaria – Av. Baía dos Golfinhos, 985, Tibau do Sul – RN. Telefone: (84) 3246-2704

Boteco Cabeceiras – Sim, o nome é “boteco” mas é restaurante, e dos bons – comida mineira da melhor qualidade com sucos naturais (experimente o de cajá) e atendimento suuuper simpático. Gostamos tanto que almoçamos ali duas vezes. O preço do prato do dia? Módicos R$ 20. Nos finais de semana, eles servem uma feijoada bem farta, mas não conseguimos provar porque nosso voo era no sábado logo depois do almoço.

Vá lá: Boteco Cabeceiras – Endereço: Estrada Nova – Tibau do Sul, RN. Telefone: (84) 98144-2877

Preciosa Gelateria Italiana – Fica na Baía dos Golfinhos, e é uma das melhores do Brasil segundo o Trip Advisor e o guia Quatro Rodas. Não é pra menos: ambiente bem acolhedor e sorvetes preparados com o melhor das frutas da região. Eu experimentei o de banana com canela e até agora estou sonhando com ele… 🙂

Vá lá: Preciosa Gelateria Italiana – Endereço: Av. Baía dos Golfinhos, 1074 – Tibau do Sul, RN. Telefone: (84) 99621-4458

À noite, tínhamos muitas opções a mais com alta gastronomia e culinária de todos os cantos do mundo. Indicamos os seguintes:

Sushi Pipa Lounge – Uma das melhores experiências gastronômicas de toda a viagem. Nós amamos comida japonesa e, claro, não perdemos a oportunidade de conhecer esse simpático restaurante, que fica num centro comercial SUPER lindo e com vista pro centrinho da Pipa. Nós pedimos um combinado maiorzinho e não nos arrependemos: as combinações criadas pelo sushiman eram bem ousadas e diferentes do que se encontra num restaurante japonês tradicional – e o peixe, claro, super fresquinho. Indicamos muuuito!

Vá lá: Sushi Pipa Lounge – Endereço: Centro Comercial Villa Mangueira – Centro – Tibau do Sul, RN. Telefone: (84) 99682-0146 Horário: todas as noites das 19h às 23h.

Restaurante Rola Peixe – Um restaurante simples, mas inesquecível e segredo bem guardado na Pipa – ele fica na Avenida dos Golfinhos, aproximadamente a 300 metros da Praça do Pescador, na direção de quem vai à Praia do Amor. Seu dono, Fernando, é espanhol e o restaurante não tem menu fixo – serve o que há de peixes frescos no dia. Ali, se indica a sardinha marinada, o robalo grelhado e o pulpo à galega – além da tradicionalíssima paella.

Vá lá: Rola Peixe – Rua Baía dos Golfinhos RN. Telefone: (84) 9157-7354. Horário: todas as noites das 19h às 23h.

Tapas – Esse é considerado o melhor restaurante de culinária internacional na Pipa e não é por acaso. Os donos Nicole e Lucas estão sempre por ali e o lugar existe há seis anos. O prato mais famoso de lá? O atum selado com crosta de gergelim e o tartar de atum. Tem que ir, o lugar vale muuuuito a pena!

Vá lá: Tapas – Rua dos Bem-te-Vis, s/n RN. Telefone: (84) 99465-4468. Horário: terças a sábados das 18h30 às 23h.

Dicas de Passeios

Fizemos alguns passeios bacanas por lá, um ideal pra viajantes low-budget e o outros, mais ‘chiques’ (já mencionei que fazia cinco anos que eu não tirava férias?).

Trilha do Santuário Ecológico

O Santuário Ecológico de Pipa é composto por 16 trilhas pelo meio da Mata Atlântica que te permitem chegar em mirantes com vistas incríveis para diversas praias. A entrada custa R$ 15 e há diversos graus de dificuldade das trilhas – nós fizemos quase todas e achamos super fácil (mesmo pra pessoas sedentárias como nós). Os mirantes mais lindos da trilha são o Mirante da Prainha, o Salto da Raposa e o Mirante do Suspiro. Achamos as trilhas bem sinalizadas e o passeio rendeu belas fotos, curtimos bastante essa manhã!

Vá lá: Santuário Ecológico de Pipa – Estrada para Tibau do Sul – Km 2, Praia da Pipa RN. Telefone: (84) 3201-2007. Horário: terças a sábados das 7h às 17h.

Ponta do Pirambu Day Use

Eu sempre achei que nunca entraria numa daquelas piscinas de borda infinita, mas quando vimos o site do Ponta do Pirambu Day Use, convenci o Clóvis a fazer o passeio depois de ver as fotos do local, que funciona como um spa, com massagens de diversos tipos, ofurô, comidinhas gostosas e todo tipo de comodidade. O lugar é lindíssimo e o dia passa voando ali – o atendimento é incrível e acabamos voltando no dia seguinte de tanto que gostamos! Vale dar um pulo na bela Praia do Giz, que fica na frente do Day Use. De segunda a sexta, paga-se R$ 60,00 por pessoa sendo 100% revertido em consumo – entram aqui seus gastos com massagens, ofurô, comidas e bebidas. Nos fins de semana e feriados o valor é R$ 80,00 sendo R$60,00 revertidos pra consumo. Na nossa opinião, valeu MUITO a pena.

Vá lá: Ponta do Pirambu Day Use – Rua Sem Pescoço, 250 – Praia do Pirambu, Tibau do Sul – RN. Telefone:  (84) 3246-4333. Horário: terças a sábados das 9h às 17h.

Solemio Passeio Gastronômico de Barco – Não é um passeio barato (R$ 190 por pessoa), mas entre os passeios de barco de Pipa, é um dos mais amados. O barco tem espaço para somente 12 pessoas, o que torna tudo mais exclusivo, a tripulação é super simpática e, durante o passeio, os golfinhos, cavalos marinhos e peixes-boi estão sempre presentes e o por-do-sol na Lagoa é belíssimo também. Quem quiser, pode descer do barco e tomar banho em pontos específicos, e a trilha sonora do barco é super agradável – de Lenine à Vanessa da Mata.

Vá lá: Solemio Passeio de Barco – Porto de Tibau do Sul | Lagoa de Guarairas, Tibau do Sul, RN. Telefone: (84) 8824-0023. Horário:das 12h às 18h. Duração da visita: aproximadamente três horas. 

Bem, essas foram as minhas dicas de viagem da Praia da Pipa – escrever o post já deu uma saudade… É um lugar perfeito pra curtir uma preguiça e aproveitar a vida sozinho ou acompanhado. Tem gente de todo o mundo morando por lá – pessoas que largaram tudo e, agora, são donos de pequenos negócios ou vendem artesanato na praia, no maior clima bicho-grilo. No geral, a regra para conhecer a Pipa é: respeite a natureza, abuse do filtro solar, beba muita água e permita-se descansar.

Você tem alguma dica de lá? Deixe aqui nos comentários pra gente!

dicas-de-viagem-praia-da-pipa_final_viajando-bem-e-barato-1

__ 

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

__

banners05animado01

Tags

2 Comentários

  1. Lindas imagens, amo esta praia, vocês traduziram !

    Comente
    • Obrigada, Daiana! Só de olhar as fotos já tenho vontade de voltar lá!

      Comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *