Roteiro de um dia em Lisboa e Sintra: o que fazer, onde comer e onde ficar!

Atualizado por em 14/09/2017

Rogério Milani

Estive em outubro viajando pela Europa e fiz um roteiro de um dia em Lisboa e Sintra para curtir essa região e descobrir novos recantos!

roteiro-de-um-dia-em-lisboa-e-sintra_casal_viajando-bem-e-barato

Roteiro de um dia em Lisboa e Sintra

Todos os leitores sabem da minha adoração por Portugal e como acho que dá pra aproveitar Lisboa em um dia perfeito de passeios – especialmente para quem viaja para a Europa usando os voos da TAP. Isso porque com os voos desta companhia aérea é possível de fazer escala de até 5 dias por lá e sem custos adicionais na passagem aérea. Então eu sempre considero um dia como uma ótima parada para passear na capital lusa.

Lisboa é cheia de história, cultura, tem uma gastronomia rica e preços mais do que convidativos para os brasileiros. E, como se estes motivos não fossem suficientes, ainda tem um detalhe que encanta quem desembarca lá: a hospitalidade do povo português – e é aí que entram os parceiros do blog, Rui e Marina, da Além Mar Turismo.

roteiro-de-um-dia-em-lisboa-e-sintra_alem-mar_viajando-bem-e-barato

Depois de um longo voo até Lisboa, chegar no aeroporto e ser recepcionado pela Marina e pelo Rui com plaquinha e tudo foi o luxo de todos os luxos! A ‘carrinha’ deles nos aguardava (para quem não conhece, é uma espécie de van/perua muito comum para transportar turistas) e os dois nos acompanharam durante todo nosso dia de passeios com preciosas dicas de locais para comer e passear nesse mini roteiro de um dia em Lisboa e Sintra. Foi espetacular poder contar com estes parceiros do blog que ainda oferecem seus serviços de transfer e passeios personalizados com desconto exclusivamente para nossos leitores!

Nossa primeira parada foi a fábrica de Pastéis de Belém que funciona desde 1837 seguindo uma antiga receita do Mosteiro dos Jerónimos… Essa foi a quarta vez que eu e a Letícia estivemos lá – consideramos o local uma “parada obrigatória” para nossas passagens por Lisboa e costumamos pedir a iguaria com parcimônia (só que não!). Como sempre, fomos super bem atendidos e os doces estavam deliciosos… Pensar que o local faz cerca de 70 mil pastéis de belém num dia e consegue manter essa qualidade é incrível! Por isso que sempre encontramos uma fila pra entrar lá, por menor que seja. Chegamos ali por volta das 11h da manhã, então tinha bastante gente querendo entrar pra almoçar, já que o local também oferece outros pratos… Mas a fila andou super rápido e, dentro de mais ou menos dez minutos, já estávamos dentro do local e nos sentindo em casa! 🙂

roteiro-de-um-dia-em-lisboa-e-sintra_pasteis_viajando-bem-e-barato

Depois disso, fomos dar uma volta pela orla e, dali, caminhamos até o Parque do Descobrimento e chegamos ao famoso Mosteiro dos Jerónimos, que tem uma igreja belíssima. Entramos na igreja e ficamos encantados com a mistura de estilos arquitetônicos usados para construí-la. Um local cheio de história e belíssimo! Não é a toa que recebeu também o título da Unesco de Patrimônio da Humanidade.

roteiro-de-um-dia-em-lisboa-e-sintra_igreja_viajando-bem-e-barato

Dali, partimos de ‘carrinha’ para Sintra, onde nossos amigos Marina e Rui indicaram um baita restaurante: a Adega do Saloio, especializada em culinária tradicional portuguesa. A ideia era provar o cabrito assado no forno, uma iguaria bastante tradicional desta região. E vou te dizer, amigo… Foi fantástico! Como chegamos tarde lá, por volta das 14h, não tinha mais cabrito assado no forno para servir – afinal, o prato demora horas e horas para ser preparado – mas comi uma chuleta de cabrito maravilhosa bebendo um vinho da casa. E o atendimento é superbom!

Depois de comer como reis, fomos bater perna por Sintra… Que cidade bem charmosa e romântica! Ela é perfeita para um roteiro de um dia em bate-e-volta e é cheia de lojinhas super bonitas (a Letícia e a Marina entraram em todas hehe) e, do alto de Sintra, você consegue ter uma vista linda da cidade! Para quem quiser experimentar mais da gastronomia típica de Portugal, a dica é ir até a Casa Piriquita. Lá, há mais de 160 anos, são produzidas queijadas. O doce era o favorito do rei D. Carlos I e o nome do local é uma homenagem à Constância Gomes, esposa do padeiro fundador do local. O motivo? Ela ganhou esse apelido do próprio rei por causa de sua baixa estatura! 🙂

No final de tarde, voltamos para Lisboa e começou uma chuvinha daquelas boas pra ficar em casa… Ainda bem que nossa “casa” em Lisboa era o fantástico Inspira Santa Marta! Desde que descobrimos o hotel, nos apaixonamos por sua arquitetura e modernidade, mas nada nos preparou para o super atendimento que recebemos lá! E, ao vivo, tudo era ainda mais moderno e incrível.

Como ficamos somente uma noite ali, não tivemos tempo de aproveitar o spa que o hotel oferece mas, da próxima, certamente usaremos o espaço, que parece incrível! Além disso, o Inspira Santa Marta é bem-localizado e tem um ótimo bar, o Urban Bar, e um restaurante super moderno, o Open Brasserie! Depois de uma leve descansadinha, nada melhor do que curtir a noite de chuva em Lisboa sem sair do hotel, desfrutando do que ele oferece de melhor!

No Urban Bar, pedimos um Bloody Mary inspirado no Gazpacho espanhol que estava simplesmente fabuloso! No Open, que é de culinária mediterrânea e sem glúten, a pedida foi um peixe e um bacalhau.  O ambiente do restaurante é super requintado e a qualidade da refeição, incrível: prova disso é que o local estava cheio de gente que não estava hospedada no hotel!

No dia seguinte, nossa viagem já era bem cedinho e não tivemos muito tempo para desfrutar do café da manhã do hotel… Confesso que saímos com dor no coração de deixar isso tudo pra trás:

Mas a Itália nos esperava e é pra lá que vamos no próximo post da nossa viagem pela Europa em 2016! Mas, antes, uma dica valiosa: pra ir até o aeroporto, fomos de Uber e valeu muuuuuuuuuuuuito a pena usar este serviço em Lisboa. Recomendo!

Semana que vem, tem mais post com nossos roteiros e passeios por Roma! 🙂

Mais dicas de hospedagem em Portugal?

Para quem quer economizar mais e passar mais de um dia perfeito em Lisboa, fizemos uma seleção com as melhores hospedagens de Portugal! E não pense que são dicas criadas no ‘achismo’: todas foram testadas e aprovadas pelos clientes da consultoria em viagens aqui do blog!

Agora, se você verdadeiramente quer mergulhar na cultura portuguesa aconselho que você fique, pelo menos, quatro dias em Lisboa e alugue um carro para conhecer outros lugares – Óbidos, Alentejo, Porto – para curtir bastante o país! Para alugar um carro por lá, RentCars e Rental Cars são serviços altamente recomendados!

Lisboa: um guia gratuito pra você!

Outra ótima dica pra você que está com passagem comprada para Lisboa ou planejando uma super trip pra capital portuguesa é acessar nosso guia Tudo Sobre Lisboa com dicas de hospedagem, passeios, roteiros pela cidade e tudo o que você precisa saber pra viajar pra lá com tranquilidade e segurança!

Ah, e uma novidade: a Tap agora abre escala em Lisboa de até 5 dias sem cobrar nada a mais na passagem. Não perca essa baita oportunidade!

____

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

_____

banners05animado01

Tags

1 Comentário

  1. Um dos lugares da minha lista de viagem.
    Dicas maravilhosas

    Comente

Trackbacks/Pingbacks

  1. 3 dias em Florença - […] no nosso último destino dessa viagem: Florença! Se você quiser, pode também ler sobre o dia fantástico que passamos…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *