Dicas de viagens curtas de verão no interior do Rio Grande do Sul

Publicado por em 21/12/2016

Manuela Colla

Procura sossego e recantos lindos para fugir da “muvuca” do litoral gaúcho e catarinense? Selecionamos aqui algumas dicas de viagens curtas de verão que podem ser passeios bem bacanas – e refrescantes – pra você e sua família aqui no Rio Grande do Sul. Vem saber mais!

viagens-curtas-de-verao_3-cachoeiras_viajando-bem-e-barato

Chega o verão e, desde que moro em Porto Alegre é sempre assim: a cidade esvazia e a galera parece não se importar com as praias lotadas… Eu confesso que prefiro passeios mais tranquilos e curto muito um banho de rio ou cachoeira. Por isso, preparei algumas boas dicas de bate-e-volta possíveis de fazer a partir de Porto Alegre que garantem momentos de sossego e contemplação da natureza. Bora lá?

Reserva Ecológica da Família Lima (Sapiranga)

De Porto Alegre, são 62 km até a reserva (no site tem um mapinha superbom) e, lá, você desfruta de muita natureza e cinco cachoeiras – todas perfeitas para banho! E ainda tem rapel e tirolesa pra quem curte aventura – eu sou mais de curtir a natureza e ficar de boa! Este pequeno paraíso abre das 8h às 18h e os preços são os seguintes para janeiro e fevereiro de 2017: em dias de semana, adultos pagam R$ 16,00 e crianças, R$ 10,00; aos sábados adultos pagam R$ 17,00 e crianças, R$ 10,00 e nos domingos e feriados os adultos pagam R$ 18,00 e os pequenos, R$ 10,00. Pra quem gosta de acampar, o ideal é procurar outra alternativa: o local não tem camping nem estrutura para pernoite.

viagens-curtas-de-verao_familia-lima_viajando-bem-e-barato-1

Salto Ventoso (Farroupilha)

O parque Salto Ventoso foi recentemente reformado (confira todas as fotos no Facebook de lá) e conta com dois mirantes para a cascata de 55 metros e passarela que dá acesso a parte de trás da cachoeira. A vista dali é tão linda que foi até locação do filme “O Quatrilho”, de Bruno Barreto e da minissérie “Quinto dos Infernos”. O local pode ser visitado por adultos, crianças acompanhadas e tem acesso para cadeirantes. Chegar em Farroupilha, a 111 km de Porto Alegre, é facinho. A caminhada da base do parque até a cascata em si não leva mais que meia hora, mas vale muito a visita pela vista e energia incrível que a cascata e o lugar tem. O preço para entrar lá é R$ 8.

viagens-curtas-de-verao_caracol_viajando-bem-e-barato

Lago Negro (Gramado)

O Lago Negro é um lago artificial fica em Gramado, no Bairro Planalto. Aberto diariamente durante 24h, oferece passeio de pedalinhos, bar, restaurante e loja de conveniências. A criançada adora o passeio de pedalinho e o lugar é ideal pra quem gosta de piqueniques e curtir a natureza e apreciar as belas hortênsias que colorem o parque no verão. Apenas os passeios de pedalinho são cobrados. Veja os valores abaixo:
Cisne: R$ 15,00 p/ 2 pessoas e 01 criança até 3 anos
Cisne Família: R$ 25,00 p/ 2 adultos e 2 crianças até 8 anos
Caravela: R$ 25,00 p/ 2 adultos e 2 crianças até 8 anos
Horário: aberto 24h sem cobrança de ingresso.
Horário de funcionamento dos Pedalinhos: das 8h30min às 18h

Para mais infos, confira o site oficial da atração.

viagens-curtas-de-verao_lago-negro_viajando-bem-e-barato

Cascata do Garapiá (Maquiné)

A Cascata do Garapiá fica em uma propriedade particular na localidade de Barra do Ouro, a 13 quilômetros do centro de Maquiné. Do distrito, são outros 11 quilômetros por uma estrada de chão cercada pela Mata Atlântica até o ponto exato da queda. A cachoeira tem 12 metros de altura e pode alcançar 3 metros de profundidade. Não é possível chegar de carro até a piscina natural: você tem que caminhar por cerca de 15 minutos. Não é cobrado ingresso para entrar lá, mas não é permitido acampar. A única exigência é que os turistas levem de volta todo o lixo que produzirem – e lá não há sinal de telefone ou internet (um sonho, na minha opinião!).

Para curtir essa paisagem incrível, você pode ficar hospedado no Baite della Luna (o local tem cabanas e, se quiser, você pode acampar).

viagens-curtas-de-verao_garapia_viajando-bem-e-barato

Cascata do Chuvisqueiro (Rolante)

A cascata possui uma queda de aproximadamente 72 m com um poço de 15 m e fica a 150 m acima do nível do mar – mas não é a única atração do local, que também tem a  Cascata das Três Quedas, conhecida também como ‘Chuvisqueirinho’. O acesso até lá é a apé, usando a uma trilha de aproximadamente 15 min, com uma vista panorâmica da região – e, nela, é possível tomar banho de rio.

Outra boa opção para passar o tempo são as trilhas ecológicas: eles oferecem trilhas até as piscinas naturais e a queda da Cascata do Chuvisqueiro, outra até a Cascata das Três Quedas e suas piscinas naturais e uma chamada ‘Toca do Morcego’ no caminho às Três Quedas! O local tem camping para quem gosta de acampar e rapel e o ingresso custa R$ 10 para passar o dia. E vale muuuuito a pena!

viagens-curtas-de-verao_chuvisqueiro_viajando-bem-e-barato-2

Cascata de São Miguel (Ivoti)

A cascata fica em Ivoti, na Feitoria Nova. O acesso é feito pelo núcleo de casas enxaimel (outro roteiro turístico bem bacana na região, tem uma feira bem legal ali uma vez por mês). Para acessar a Cascata, há uma estrada de chão de uns 4 km, em bom estado. Devido a sua beleza natural, com uma queda de 50 metros, despenca no Arroio Feitoria em um lago tranquilo rodeado de paredões verticais de pedra… É de tirar o fôlego!

img_0416

Foto Carina Clavé

Cascata da Usina (Nova Prata)

Bom, dessa cachoeira eu tinha que falar, afinal, cresci brincando nela! Fica entre Nova Prata e Protásio Alves – o acesso é asfaltado e, logo depois da ponte do Rio da Prata, há um belo mirante para a cascata, que faz parte do Parque Caldas de Prata, de águas termais. O Caldas de Prata está seeempre cheio mas a cascata é mais tranquila. A queda da Cascata da Usina tem 45 metros se esparrama formando um lago natural encravado no leito de basalto. O local é cercado por vegetação nativa e pilares vulcânicos, e é de uma paz imensa! O ingresso para entrar é R$ 5.

viagens curtas de verão_Usina_Viajando bem e barato

Parque das Laranjeiras (Três Coroas)

O Parque é um espaço público administrado pela prefeitura de Três Coroas. Está situado no interior do município, em uma ampla área cercada de morros de mata atlântica. Por dentro do parque passa o Rio Paranhana, local tradicional para a prática de rafting e canoagem. O parque possui uma ampla infraestrutura, com área de camping, pousada e tem também a sede das operadoras de rafting e outros esportes radicais que são praticados na região. Apesar de o parque ser bem grande, o espaço destinado para camping fica limitado à área junto às árvores, à esquerda da entrada.

viagens-curtas-de-verao_rafting_viajando-bem-e-barato

Parque das oito cachoeiras (São Francisco de Paula)

O parque tem cabanas para quem quer pernoitar cercado do silêncio da mata atlântica e o céu cheio de estrelas…. O acesso às cachoeiras belíssimas só pode ser feito por trilhas naturais com diversos graus de dificuldade e paga-se R$ 15 para entrar no parque… Mas as cachoeiras são de tirar o fôlego e  apropriadas para o banho! Para saber mais sobre estadia, espia no site deles.

viagens-curtas-de-verao_8-cachoeiras_viajando-bem-e-barato-1

Cascata da Borússia (Osório)

Para chegar até as cascatas de Osório, você precisa pegar a estrada que leva ao Mirante da cidade e seguir reto. Para chegar ao Sítio Cascata da Borússia, você deve seguir por uns 7 km após passar a bifurcação. Cerca de 4 km, por estrada asfaltada e cerca de 3 km, por estrada de chão. A entrada custa R$ 10 para adultos – crianças não pagam e há cabanas para ficar (confira na página do Facebook de lá).

maior_1

Snowland (Gramado)

O Snowland é o primeiro parque de neve indoor da América Latina e recebe milhares de visitantes todos os anos – o passeio agrada principalmente quem tem filhos! O parque é dividido em 3 áreas de atrações: o Vilarejo Alpino (lojas e patinação no gelo), o Restaurante (no segundo piso com janela para a montanha de neve) e a Montanha da Neve (com pista de esqui e outras brincadeiras na neve). Os ingressos (passaporte) são vendidos online mas na hora você também encontra. Acredito que vale para quem nunca esquiou e as aulas de esqui são muito bem-feitas e acessíveis. Fora que a criançada adora patinar no gelo! A dica é: evite feriados e finais de semanas, você vai pegar fila pra tudo, mas o passeio é ótimo pra quem tem filhos e quer viver um dia diferente!

viagens-curtas-de-verao_snowland_viajando-bem-e-barato

E você? Conhece algum destino de passeio refrescante fora de “Forno Alegre”? Deixa pra gente suas dicas aqui nos comentários!

____

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para uma viagem tranquila e segura
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas comprando ingressos antecipados
Organize passeios nas cidades e arredores
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Mondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

_____

banners05animado01

Tags

2 Comentários

  1. Manuela Colla

    Olá, Ilvaira.

    Você gostaria de informações sobre nosso serviço de roteiros personalizados?

    Comente
  2. Gostaria de saber mais sobre vcs aguardo email informações

    Comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *