Holanda, Bélgica, Inglaterra e França: a primeira ida à Europa de Leila e Klaus

Atualizado por em 03/12/2017

Rogério Milani

Confira como foi a primeira ida à Europa do casal Leila e Klaus, que estiveram em Amsterdã, Londres, Bruges, Bruxelas e Paris numa super trip dos sonhos!

primeira ida à Europa

Primeira ida à Europa: o roteiro

O roteiro de nossa primeira ida à Europa foi ótimo! Foi muito bom não ter que se preocupar com o que faria no dia seguinte, e os lugares tinham uma sequência em questão de trajeto, o que otimizava o tempo, não perdendo muito tempo em deslocamentos entre um lugar e outro!

Primeira ida à Europa: As cidades

Em Amsterdã ficamos três dias inteiros e foi tempo suficiente para conhecer a cidade, na nossa opinião. O clima poderia ter colaborado um pouco mais, pegamos chuva e frio por lá!

Em Bruxelas, ficamos um dia e, como tivemos a questão de não ter transporte no dia, perdemos mais tempo em deslocamento da estação. Mas, no fim, conseguimos ver tudo e acho que um dia é mais do que suficiente para ver o que nos propomos por lá. Já o tempo em Bruges foi suficiente – em meio dia deu para ver tudo, voltamos cedo do bate-e-volta.

Em Londres e Paris ficamos cinco dias em cada uma e, pra gente, foi o tempo ideal! Deu para ver tudo sem tanta pressa. Com certeza em menos dias teria sido muito corrido e, em Paris, as baterias já estavam se esgotando!

Primeira ida à Europa

Paris

Os voos

O voo da Gol de Floripa para o Rio atrasou muito – tivemos que correr no aeroporto para não perder a conexão! A sorte é que o pessoal da KLM estava pelo aeroporto atrás dos atrasados, aí conseguimos uma carona em um carrinho que nos levou até o portão de embarque a tempo!

Já na Europa, fomos com a KLM para Amsterdã e achamos a empresa muito boa! Pontualidade, comissários cordiais e refeições boas.

Depois, na viagem de volta, viemos de Airfrance para São Paulo. O voo atrasou quase 50 minutos, foi o ponto negativo. De resto foi tudo ok, comissários cordiais e as refeições boas também.

primeira ida à Europa

Londres

As viagens de trem

Fizemos deslocamentos de trem de Amsterdã para Bruxelas. Depois, na volta, de Bruxelas para Londres. Por fim, de Londres para Paris. Foi tudo bem tranquilo, gostamos bastante pois é mais simples e rápido do que os check-ins de aeroporto, despacho de malas…

Se você quiser fazer como a gente e viajar de trem pela Europa, pode comprar sua passagem antecipadamente por este serviço, indicado pelo blog.

primeira ida à Europa

Amsterdã

As hospedagens

Amsterdã – Hotel Espresso. Esse hotel tinha muito boa localização. Todo o pessoal do hotel era super cordial e, quando precisamos, se dispuseram a esquentar comida em microondas pra gente e tudo. O quarto era um pouco escuro, tinha pouca iluminação…

Bruxelas – Easy Hotel Brussels City Centre. Outro hotel com localização boa e atendimento cordial. Talvez eu tivesse ficado mais próximo da estação, porque só deslocamos para a parte central da cidade uma vez.

Londres – The Z Hotel City. Outra localização boa, mas achamos o atendimento bem superficial, nem “bom dia” eles davam, achamos estranho… O quarto era minúsculo e a internet muito ruim. Se você quer outras dicas de hospedagem na cidade, confira este post do blog com indicações de onde ficar em Londres.

Paris – Hotel Atmospheres. Este foi o melhor de todos os hotéis, sem dúvida! O banheiro era grande e bonito. O ponto ruim era que tinha que deixar a chave na recepção toda vez que saíamos. O quarto também era escuro, poderia ter mais iluminação.. Mas o atendimento era rápido e cordial. Precisei de um ferro de passar e eles tinham disponível sem cobrar nada a mais por isso!

primeira ida à Europa

Londres

Como chegamos aos locais de hospedagem

Em Amsterdã, usamos transporte público do aeroporto até o hotel. Estávamos do lado errado da rua, a sorte que uma moça percebeu pelas malas e nos disse! Era um pouco longe, mas foi tranquilo. Do hotel até a estação de trem fomos de Uber porque era muito cedo e estava chovendo (pra variar).

Em Bruxelas, fomos a pé da estação até o hotel. Não tinha opção de transporte público também, mas foi tranquilo.

Em Londres, do hotel até a estação fomos de Uber porque era cedo. Depois, na hora de ir embora de lá, da estação até o hotel, fomos de transporte público e foi bem tranquilo. Do hotel até a estação, no retorno, fomos de Uber.

E, por fim, em Paris, da estação até o hotel fomos de Uber. Do hotel até o aeroporto fomos de Uber pela quantidade de malas e pelo horário, mas foi bem caro porque era bem longe!

primeira ida à Europa

Paris

Cartões de transporte

Em Londres compramos o Oyster Card. Acho que valeu a pena, andamos bastante de ônibus e metrô, usamos inclusive para ir até os Estúdios do Harry Potter.

Em Paris, compramos o Navigo e valeu a pena também, andamos bastante de metrô – usamos inclusive para ir até Versailles.

primeira ida à Europa

Bruxelas

Ingressos antecipados

Compramos para todas as atrações que eram possíveis. Valeu muito a pena porque não precisamos enfrentar uma fila para comprar e depois mais uma fila para entrar, porque em alguns lugares as filas eram grandes demais.

Ingressos de atrações turísticas podem ser comprados diretamente no site de cada atração ou então todos em um único lugar, em português e uma única compra. Uma outra boa alternativa é contatar os serviços de parceiros do blog que criam passeios personalizados em Paris Londres, te guiando pelo melhor das experiências em cada uma destas cidades.

Seguro de viagem obrigatório

Não precisamos, graças a Deus. É aquilo que você faz para não usar – mas tem que ter para quem viaja para a Europa.

Se você está pensando em viajar pra Europa, confira este post sobre o seguro viagem, sua obrigatoriedade e dicas.

primeira ida à Europa

Os procedimentos de imigração

Passamos primeiro em Amsterdã, foi tranquilo – só fizeram algumas perguntas como o que fomos fazer lá e se íamos para outras cidades depois. Depois, na imigração em Bruxelas, só carimbaram o passaporte e mais nada!

Já para entrar em Londres, fizeram perguntas do tipo o que fomos fazer lá, quantos dias e onde íamos ficar. Quiseram ver os comprovantes de passagens de volta e dos hotéis. Já para entrar em Paris, só carimbaram o passaporte e mais nada!

O clima durante a viagem

Tivemos sorte. Apesar de, em Amsterdã, estar muito frio e com chuva todos os dias e a cada momento (o que é usual de lá), os outros países foram bem melhores.

Em Bruxelas pegamos frio mas o tempo estava bom. Em Londres não pegamos chuva nenhum dia, foi perfeito! E, por fim, Paris foi o lugar com menos frio de todos, pegamos uns dias de solzinho bem bons!

primeira ida à Europa

Paris

Internet e telefonia

Não utilizamos os nossos telefones para ligação nem SMS. Para usar a internet em nossa primeira ida à Europa, compramos um chip pela internet que entregaram aqui no Brasil ainda. Colocamos ele e ativamos ainda no aeroporto em Amsterdã. Para internet, ele funcionava – o sinal era lento mas supria a necessidade de Google Maps que foi o aplicativo que mais utilizamos. Nos outros telefones, usamos o Wi-fi local que tem praticamente em todos os lugares gratuito na Europa.

Amsterdã

Avaliação da consultoria

Eu recomendaria a consultoria para outros viajantes – especialmente para os que, como nós, não tem tempo para planejar a viagem. O Rogério planejou tudo: as cidades que tínhamos interesse em conhecer, o que seria viável no tempo que tínhamos disponível, quantos dias ficar em cada uma delas, o deslocamento entre estas cidades, os hotéis (dando diversas opções para que escolhesse entre elas). A experiência do roteiro estava sendo tão boa que depois decidimos contratar o Roteiro Personalizado dia a dia, e valeu super a pena o investimento.

O Rogério passou uma lista de sugestões para cada cidade e nós informamos a que queríamos visitar, as que não queríamos e acrescentamos outras. Recebemos o planejamento de todos os dias, incluindo mapa para localização dos pontos, que tinham uma sequência lógica, o que evitou descolamentos desnecessários. Antes da viagem, ele nos passou o contato do WhatsApp dele, caso fosse necessário. Precisamos por uma questão de greve de transporte na Bélgica, mandamos mensagem e fomos prontamente atendidos!

O saldo final do roteiro foi sensacional. Valeu todo centavo investido na consultoria e na viagem. São tantas culturas, pessoas diferentes, experiências, lugares inesquecíveis que só quem viaja sabe o quanto vale a pena. O melhor do roteiro? A praticidade, a flexibilidade, a rápida resposta quando precisamos.

Leila e Klaus
Blumenau/SC
Data da viagem: outubro/2017

primeira ida à Europa

Dica para outros viajantes

Use o Google Maps para se localizar. Ele ajuda muito e para os transportes ele te diz qual estação ir, em qual descer, se precisar fazer baldeação ele informa, foi a melhor coisa que fizemos, isso nos deu uma segurança maior.
Se quiser economizar em alimentação procure os supermercados, eles tem uma infinidade de lanches rápidos e sanduíches prontos a um valor super em conta!

primeira ida à Europa

Bruges

____

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para uma viagem tranquila e segura
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas nas atrações turísticas e programe seus bate-volta comprando ingressos e passeios antecipados
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Seguros PromoReal SegurosMondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

___

banners05animado01

Tags

2 Comentários

  1. Olá, Leila e Klaus?!
    Pretendo viajar para a Europa em agosto/18, e, coincidentemente, o roteiro inclui justamente Londres, Bruxelas, Bruges, Amsterdã e Paris. Irei sozinho. A viagem terá duração de 10 dias. Vocês poderiam arriscar um palpite de quanto poderei levar em dinheiro para os 10 dias? Vale informar que não pretendo ir a restaurantes caros, a baladas, a fazer compras exageradas etc. Sou bem controlado financeiramente… Me ajudem!

    Comente
  2. Boa noite Rogério, tudo bem? Estava pesquisando roteiros de viagem na internet e me deparei com seu site. Gostei muito, várias dicas interessantes.

    Eu e minha namorada vamos fazer uma viagem em Abril e pretendemos ficar de 10 a 15 dias passando por Portugal, França, Itália e Inglaterra. Podemos também trocar a Itália pela Espanha. Nós iremos sair de São Paulo dia 14/04 e temos que estar em Manchester no dia 21/04 pois temos um compromisso lá. Temos no orçamento um valor de 8 mil reais, acha que é o suficiente?

    Qual roteiro você pode nos indicar, por favor?

    Obrigado pela atenção

    Comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *