Dica de viagem: as Igrejas da Eslováquia

Atualizado por em 07/06/2018

Rogério Milani

As Igrejas da Eslováquia são famosas no mundo todo e muitos turistas viajam pra lá para conferir estas fabulosas construções – algumas delas são, inclusive, patrimônio da humanidade pela UNESCO. A guia turística Natalia Supolova, nossa parceira por lá, nos explica um pouco mais sobre estas Igrejas no post a seguir!

Igrejas da Eslováquia

Kosice

As Igrejas da Eslováquia

As primeiras pegadas do cristianismo encontradas na Eslováquia pertencem ao segundo século. No século VIII, monges cristãos se estabeleceram por lá com o objetivo de cristianização. Em 828 foi consagrada a primeira igreja na cidade eslovaca Nitra e em 863, os irmãos Cirilo e Metódio foram responsáveis ​​por difundir o cristianismo. Estes irmãos criaram a primeira escrita eslava chamada Hlaholika e traduziram os livros litúrgicos para o eslovaco. Além disso, o Metódio foi o primeiro bispo da Grande Morávia, o antigo reino dos eslavos.

Para se ter uma ideia da influência do catolicismo no país, basta dizer que a cruz dupla de prata na bandeira e brasão da Eslováquia simboliza a tradição de Cirilo e Método que a levaram à Grande Morávia durante sua missão. É o símbolo cristão mais antigo da ressurreição de Jesus, usado desde o século IX no Império Bizantino.

Hoje, a Eslováquia é um país cristão e, de acordo com as últimas pesquisas, 84% da população pertence à esta religião. Os cristãos praticam sua fé na vida diária, participam na adoração e se envolvem em várias atividades cristãs.

E, como no Brasil, na Eslováquia existem escolas primárias, escolas secundárias e universidades da Igreja. Todavia, a Eslováquia garante ao seu povo a liberdade de culto para todas as religiões. Nas escolas, a educação religiosa para crianças com fé católica é ensinada como disciplina obrigatória, dando a alternativa de estudar Ética para crianças cujos pais sejam de outras religiões. Os pais podem decidir livremente se seus filhos se matriculam em Religião ou Ética.

A Igreja também publica suas próprias revistas e jornais: há editoras, rádio e televisão da Igreja na Eslováquia.

De acordo com a fé, os eslovacos são divididos em católicos (68,9%), protestantes (6,9%), Greco-católicos (4,1%), cristãos reformados (2%), outras religiões (1,95%), religiões não registadas (0,14%), sem afiliação (13,0%), não identificado (3%).

O resultado de toda essa influência? Muitas e famosíssimas Igrejas no país. Para se ter uma ideia de quantas, vou dar um exemplo: um menino eslovaco de 28 anos passou oito anos da sua vida viajando e tirando fotos de todas as igrejas eslovacas. Na Eslováquia existem 4125 igrejas, e selecionei aqui neste post as mais bonitas de Bratislava e de todo o país.

Igreja Azul

A Igreja de Santa Isabel, vulgarmente conhecida Como Igreja Azul, fica localizada na parte oriental da Cidade Velha, em Bratislava. É consagrada à Isabel da Hungria, filha de André II, que cresceu no Castelo Pressburg (Pozsonyi var). O local é chamado de Igreja Azul por causa da cor de sua fachada, mosaicos, majólicas e azul-do-chão de vidro.

Igrejas da Eslováquia

Igreja Azul – Bratislava

Catedral de San Martin

É a catedral da Arquidiocese Católica Romana de Bratislava, situada na fronteira ocidental do centro histórico da cidade, abaixo do Castelo de Bratislava. É a maior e uma das igrejas mais antigas de Bratislava, conhecida especialmente por ser a igreja da coroação do Reino da Hungria entre 1563 e 1830. Uma curiosidade: quando foi construída, a torre praticamente formava uma parte das fortificações da cidade, como se estivesse nas muralhas defensivas da cidade.

Igrejas da Eslováquia

Catedral de San Martin – Bratislava

Potoky

A pequena aldeia de Potoky, perto da cidade de Svidník, na parte nordeste da Eslováquia, contém um belo exemplo do estilo de arquitetura Lemko-Rusyn. A igreja, dedicada a São Paraskieva, foi originalmente construída em 1773. Uma grande torre de sino foi construída em frente à igreja em uma data posterior, e a construção ainda contém um sino fundido em 1839. A característica mais singular da igreja é a altura das três torres estreitas, uma vez que são significativamente mais altas do que as encontradas na maioria das outras igrejas de madeira da região. Uma Igreja única e belíssima!

Igrejas da Eslováquia

Potoky

Spisska Kapitula

Esta é uma cidade eclesiástica excepcionalmente bem preservada nos arredores de Spišské Podhradie, na Eslováquia, e com vista para o Castelo de Spiš. Faz parte do Patrimônio Mundial da UNESCO. A cidade é constituída pela Catedral de St Martin, um antigo mosteiro e uma única rua e toda a construção medieval é cercada por uma parede. O portão inferior oferece uma vista espetacular do Castelo de Spiš, localizado em uma colina oposta. Curiosidade: Spišská Kapitula tornou-se a principal sede da administração da igreja na região no século XII.

Igrejas da Eslováquia

Spisska Kapitula

Igreja dos Jesuítas

Esta é uma igreja originalmente protestante do século XVII na Praça Franciscana, que fica no centro histórico de Bratislava. A igreja foi construída de 1636 a 1638 como local de culto para os protestantes, pois havia um número crescente de protestantes da etnia alemã na cidade. Por decreto do rei, a igreja não poderia se assemelhar a uma casa de culto católica romana de qualquer forma; então foi construído sem uma torre, presbitério e sem entrada da rua principal. Hoje, a igreja pertence à Companhia de Jesus, conhecida como a Ordem dos Jesuítas.

Igrejas da Eslováquia

Igreja dos Jesuítas – Bratislava

Igreja dos Franciscanos

O mais antigo edifício religioso existente na Cidade Velha de Bratislava que, além de sua arquitetura, também merece atenção por vários eventos históricos importantes conectados com ele. A igreja foi consagrada no ano de 1297, na presença do rei André III da Hungria. No passado, o edifício da igreja servia para reuniões de nobres húngaros – tanto que, em 1526, Fernando I, imperador romano sagrado, foi eleito aqui para se tornar o rei da Hungria. O edifício foi danificado várias vezes por fogo e terremoto e apenas uma pequena parte de sua forma original é preservada. E a capela adjacente de São João Evangelista, com uma cripta, construída na segunda metade do século XIV, é considerada um dos melhores exemplos da arquitetura gótica da cidade.

Igrejas da Eslováquia

Igreja dos Franciscanos – Bratislava

Igreja dos Capuchinhos

Foi construída em 1717 e pertence à ordem capuchinha de Bratislava. A bela Igreja é consagrada a Santo Estevão da Hungria – se observar bem, você encontra a estátua deste santo acima do portal principal. A Igreja tem um design muito simples, mas notável. A praça da igreja dos Capuchinhos é decorada com uma coluna para a Virgem Maria.

Igrejas da Eslováquia

Igreja dos Capuchinhos

Catedral de Sta. Elizabeth – Kosice

É a maior igreja da Eslováquia e uma das catedrais góticas mais conhecidas da Europa. Apesar dos ajustes em novos estilos após incêndios e terremotos no século XIX, a catedral preservou inúmeros elementos góticos originais e características artísticas valiosas. Eles incluem, por exemplo, o maravilhoso portal do norte com uma representação do Juízo Final. A gárgula medieval no canto sudoeste da igreja também é interessante. Supõe-se que tenha uma forma de mulher, em particular a esposa do famoso construtor real Stephan – é assim que ele supostamente punia sua esposa por beber muito vinho.

O altar-mor de Santa Isabel foi construído nos anos 1474-1477 e contém o maior conjunto europeu de 48 pinturas góticas. A influência holandesa e alemã nas esculturas e pinturas é óbvia. Objetos litúrgicos incluem as obras mais valiosas do importante ourives J. Szilassy do século 18, que são classificadas como o monumento cultural nacional.

Igrejas da Eslováquia

Kosice

Igreja de São Miguel Arcanjo – Ladomirova

A igreja greco-católica de São Miguel Arcanjo foi incluída em 2008, juntamente com sete igrejas de madeira da parte eslovaca da Área de Montanha dos Cárpatos, na Lista de Patrimônio Mundial da UNESCO. A igreja católica grega de madeira foi construída em 1742 sem um único prego de metal. Tem também um campanário independente que fica ao lado da igreja. Curiosidade: parte da Igreja foi destruída na Segunda Guerra Mundial.

Igrejas da Eslováquia

Ladomirova

Banska Stiavnica

Banská Štiavnica é é uma cidade no centro da Eslováquia, no meio de uma imensa caldeira criada pelo colapso de um antigo vulcão. Por seu tamanho, a caldeira é conhecida como Montanhas Štiavnica. Banská Štiavnica tem uma população de mais de 10.000 habitantes e é uma cidade medieval completamente preservada. Devido ao seu valor histórico, a cidade e seus arredores foram proclamados pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade em 1993. Lá, existe um complexo de igrejas e capelas situadas perto de Ostry vrch, que foi construído no século XVIII pelos jesuítas – conhecê-las é um programa imperdível para quem visita a Eslováquia!

Igrejas da Eslováquia

Banska Stiavnica

E como contratar a Natália para passear pela Eslováquia?

Para quem quer conhecer a Bratislava ou a Eslováquia, uma ótima alternativa é contratar os serviços da Visita Bratislava, uma empresa que realiza diversos roteiros por pontos turísticos da capital eslovaca e – o mais bacana! – do jeito que você quiser e de forma personalizada! Para contratar os serviços da Natália, que fala português e já atendeu inúmeros brasileiros na Eslováquia, envie um contato pelo formulário deste post! E boa viagem!

___

Recomendados pelo blogueiro para uma viagem perfeita
Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para uma viagem tranquila e segura
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas nas atrações turísticas e programe seus bate-volta comprando ingressos e passeios antecipados com Ticketbar ou GetYourGuide
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Seguros PromoReal SegurosMondial Assistance ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

___

SalvarSalvar

Tags

1 Comentário

  1. Excelente matéria! Pretendo visitar logo a Eslováquia. ..!!!

    Comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *